Marcas da literatura angolana nos textos poéticos de bonga

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 69 (17234 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 21 de março de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
ÍNDICE
Páginas Dedicatória Agradecimentos Introdução Metodologia Capítulo I 1. Conceito de Literatura Angolana de Tradição Oral: Fundamentação Teórica 1.1. A literatura de Tradição Oral 1.2.Os Géneros da Literatura Angolana de Tradição Capítulo II 1. A Música 1.1.Conceitualização 1.2.Alguns dos Principais Estilos Musicais Angolanos 1.3.O Semba em Angola Capítulo III 1. Vida e Obra de Barceló deCarvalho Bonga 1.1.Nascimento e Infância 1.2.Um Homem do Atletismo 1.3.Do Atletismo ao Profissionalismo Musical 1.4.Obras Discográficas 1.4.1. Discos Colectivos 1.4.2. Participações Especiais 1.4.3. Singles 1.4.4. Artistas que Interpretaram Composições de Bonga 1.4.5. Prémios 2. Análise Temática e Identificação das Marcas da Oralidade nos Textos Poéticos de Bonga 2.1.A Temática Sobre a Sócio –Política 2.1.1. Balumukenu 2.1.2. Cuidados para Ter 2.1.3. Tempos de Caprandanda 2.2.A Temática Sobre a Mulher 2.2.1. Xica 2.2.2. Olhos Molhados 2.2.3. Santo António Capítulo IV 1. Aplicação Didátcica do Estudo dos Textos Poéticos das Obras Musicais de Bonga 1.1.Plano de Aulas (180 Minutos: 4 Sessões) 1.2.Plano de Aula (45 Minutos: 1 Sessão) Capítulo V Conclusões Referências Bibliográficas Apêndice Certidão Narrativa Completa de Registo de Nascimento Depoimento de Moniz Pereira Carta do Ministro Francês da Cultura, Jack Lang Crítica do Jornal “Sete” e Resposta de bonga

DEDICATÓRIA

Aos meus pais (Tomás Pascoal e Maria Luís) que entre mercados e estradas tudo fizeram para conquistar o pão de cada dia para a formação dos seus filhos: Pépe, Fifi, Ana Maria, Manucho, Victor Neusa, Dila,Vissolela, K7, Tomás e Eu. & À minha namorada que foi o meu suporte ao longo desta Caminhada, Jú.

AGRADECIMENTOS Agradeço, em primeira instância, ao músico e compositor eternamente angolano Bonga que, mesmo à distância, aceitou e permitiu que este trabalho fosse a realidade que é hoje. Aos meus tutores a professora Luísa Coelho, uma mãe para mim, e ao professor Jorge Macedo, etnomusicólogo.Não mediram esforços para a concretização deste trabalho, muito, mas muito obrigado mesmo pelo empenho e pela dedicação. Aos meus colegas dos Institutos Médio de Economia de Luanda (IMEL), curso de Jornalismo 2002, e aos do Superior de Ciências da Educação (ISCED – Luanda): Denilson, Estêvão, Fredy, Fuzi, Hélder, Paulo, Rúbem, Cáudia, Ritinha, Mírcia, Joana e Violeta. Ao Isaac, Tchindjenje, Luciano,Amadeu, Gustavo, Guidinha, Marinela, Katy, Gracieth e a outros pelo contributo que deram para o meu sucesso estudantil. Aos meus amigos e companheiros infanto-juvenis: Nini, Suca Cadidi, Zando, Nando, Ivo, Soares, Nelson, Pipen, Maneco, Guex, Fernando, Edson, Vado, Martinho, Congo, Figo, Matché, Seven, Calonda, Caxuxu, Gildo, Mariano, Pedro, Bruno, Pompeu, Soneca, Jove, Victor, Afonso, VâniaInácio, Lourença, Soraya, Ana Jandira, Celina, Kátia, Vânia, Siomara, Adessy, e outros, muito obrigado pela vossa presença sempre amiga nos momentos desta minha trajectória de vida. À Direcção da discoteca da Rádio Nacional de Angola (RNA), na pessoa da sua Directora a Senhora Lucinda Costa e ao senhor Simões Coimbra. À Direcção da Acção Cultural Nacional do Ministério da Cultura (MINCULT), nas pessoasdos senhores Dionísio Rocha e Roldão Ferreira. Aos professores Nzavoni Ntondo, Abreu e Isaac Paxe, Jomo Fortunato pela preciosa ajuda que deram para a concretização desta obra. Agradecimentos às famílias Simba Miguel, Calonda; aos meus afilhados e às suas famílias, à grande amiga Elisa de Carvalho, às irmãs Lurdes Quintas e Eliene Barreto, ao tio Jacinto Contreiras, ao tio Guerra, aos PadresBelmiro Chissengueti e João Francisco e à Congregação das Filhas da Caridade Canossiana pelo incondicional apoio que sempre me deram durante esses anos de árduo trabalho sócio – religioso. Agradeço também aos meus tios Joaquim, Filomeno, Baião, António Pascoal, António Hebo, Pedro Luís e à minha querida avó Filipa. Agradeço ainda aos meus pais e irmãos que com imensas dificuldades transformaram um...
tracking img