Maquinas simples

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 2 (265 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 10 de abril de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
-------------------------------------------------
Máquina simples
Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.

Tábua de máquinas simples, de Cyclopedia de Chambers,1728.[1] Máquinas simples constituem, numa analogia, um como que "vocabulário básico" do qual de compõem todas as demais máquinas, mais complexas.
As máquinas simples são dispositivos que, apesarde sua absoluta simplicidade, trouxeram grandes avanços para a humanidade e se tornaram base para todas as demais máquinas (menos ou mais complexas) criadas ao longo da história.As máquinas simples são dispositivos capazes de alterar forças, ou simplesmente de mudá-las de direção e sentido.
A ideia de uma máquina simples foi criadapelo filósofo grego Arquimedes, no século III a.C., que estudou as máquinas "Arquimedianas": alavanca, polia, e parafuso.[2] [3] Arquimedes também descobriu o princípio da alavancagem.[4] Mais tarde outrosfilósofos gregos definiram as cinco máquinas clássicas (excluindo o plano inclinado) e foram capazes de calcular sua alavancagem.[5] Heron de Alexandria (ca. 10–75 AD), em seutrabalho Mecânica lista estes cinco mecanismos que podem colocar uma carga em movimento: alavanca, molinete, polia, cunha e parafuso,[3] e descreve sua fabricação e usos.[6] Porém oconhecimento grego se limitava a máquinas simples, que operavam através do balanço de forças, sem incluir a dinâmica, comparações entre força e distância, ou o conceito de trabalho.Comumente, o termo "máquina simples" refere-se às seis máquinas simples clássicas, conforme definidas pelos cientistasrenascentistas[7]:
1. Alavanca
2. Cunha
3. Engrenagem4. Mola
5. Polia
6. Rodas e eixo
Não se tem segurança científica até o presente, senão conjeturas apenas, para afirmar-se sobre a cronologia do seu aparecimento
tracking img