Mapeamento social da diversidade social na pan-amazônia

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 20 (4810 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 18 de novembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
MAPEAMENTO SOCIAL DA DIVERSIDADE SOCIAL NA PAN-AMAZÔNIA
Benjamin Alvino de Mesquita bamin@elo.com.br
Doutor em Geografia/Universidade Paris, Professora da Universidade Federal do Maranhão e Pesquisador do Projeto Nova Cartografia Social da Amazônia

Jurandir Santos de Novaes jurandirnovaes@yahoo.com.br
Doutoranda em Geografia Humana – PPGGH/USP e Pesquisadora do Programa de Apoio a ReformaUrbana/ICSA/UFPA e do Projeto Nova Cartografia Social da Amazônia

Lima, Luis Augusto aplluis@yahoo.com.br
Graduando em Geografia – UEA e Pesquisador do Projeto Nova Cartografia Social da Amazônia

C. Lima, Marcos Vinicius da mvclima@hotmail.com
Mestrando em Geografia – PPGEO/UFPA e Pesquisador do Projeto Nova Cartografia Social da Amazônia

Introdução Tem sido evidenciado especialmente nasúltimas décadas especialmente na Amazônia e também em outras regiões do Brasil e da Pan Amazônia um processo em que os distintos agentes sociais vêm apresentando uma nova forma de mobilização expressa nas diversas identidades coletivas, objetivadas em movimentos sociais, que se organizam em torno de pautas referidas às questões próprias de cada grupo, e que determinam sua atuação eterritorialidades. São territorialidades próprias, nas quais a questão de identidade constitui elemento mobilizador do próprio grupo, tanto na luta pelo atendimento de suas reivindicações, quanto na relação com outros agentes sociais. O trabalho ora apresentado trata-se de atividade de pesquisa realizada através do Projeto Nova Cartografia Social da Amazônia a partir do qual são realizados mapeamentos sociaispropiciados pelo relato e registro das práticas e estratégias de mobilização dos movimentos sociais, numa ação de auto-cartografia, que contempla uma diversidade de situações sociais que se caracterizam por distintas “unidades de mobilização” 1, (Almeida, 2004). O Projeto que tem como objetivo mapear os esforços mobilizatórios dos movimentos sociais, descrevendo-os e georeferenciando-os, com baseno que é considerado relevante pelas próprias comunidades estudadas privilegiando para tanto, a diversidade das expressões culturais combinadas com distintas identidades coletivas objetivadas em movimentos sociais. Tal processo se inscreve numa dinâmica que compreende a multiplicação de novas identidades, de auto-atribuição e de novos grupos organizados em inúmeras organizações e sob distintasidentidades que se verifica no Brasil e especialmente na Amazônia2 (op.cit). Este autor identifica a existência desse processo desde meados de 1988, quando se objetivam as condições específicas em que distintos grupos sociais têm se organizado em “unidades de “mobilização” em todo o país, com elevado grau de coesão em suas práticas através de lutas diferenciadas daquelas que marcavam as décadas de 70e 80. Trata-se de estratégias de redefinição dos padrões de relação
1 O conceito de “unidades de mobilização” é proposto por Almeida e refere-se “à aglutinação de interesses específicos de grupos sociais não necessariamente homogêneos, que são aproximados circunstancialmente pelo poder nivelador da intervenção do Estado – através de políticas desenvolvimentistas, ambientais e agrárias – ou dasações por ele incentivadas ou empreendidas, tais como as chamadas obras de infra-estrutura que requerem deslocamentos compulsórios”. (Almeida, 2006, p. 25) 2 Alguns exemplos de organizações que expressam a diversidades de situações e de identidades: Conselho Nacional dos Seringueiros; Movimento Interestadual de Quebradeiras de Côco Babaçu; Movimento Nacional dos Pescadores; Movimentos dos Ribeirinhosda Amazônia; Movimento pela Sobrevivência da Transamazônica; Associação das Comunidades Negras Rurais do Maranhão; Conselho Indigenista Munduruku do Alto Tapajós; Movimento dos Atingidos de Barragem. Para ver mais, consultar: Almeida, Alfredo W.B. Revista Brasileira de Estudos Urbanos e Regionais. v. 6. n 1, p.p. 9-32., 2004

política e seus correspondentes processos de territorialização e...
tracking img