Mapeamento de fluxo de valor

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 63 (15688 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 28 de março de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
MAPEAMENTO DO FLUXO DE VALOR NA CADEIA PRODUTIVA EM EMPRESA DE INJEÇÃO E EXTRUSÃO PLÁSTICA

JOINVILLE – SC 2010

UNIVERSIDADE DO ESTADO DE SANTA CATARINA CENTRO DE CIÊNCIAS TECNOLÓGICAS DEPARTAMENTO DE ENGENHARIA DE PRODUÇÃO E SISTEMAS

MAPEAMENTO DO FLUXO DE VALOR NA CADEIA PRODUTIVA EM EMPRESA DE INJEÇÃO E EXTRUSÃO PLÁSTICA

Trabalho de graduação apresentado ao curso de Engenharia deProdução e Sistemas da Universidade do Estado de Santa Catarina, como requisito parcial para a obtenção do título de Engenheiro de Produção e Sistemas.

JOINVILLE – SC 2010

MAPEAMENTO DO FLUXO DE VALOR NA CADEIA PRODUTIVA EM EMPRESA DE INJEÇÃO E EXTRUSÃO PLÁSTICA
Trabalho de graduação apresentado ao curso de Engenharia de Produção e Sistemas da Universidade do Estado de Santa Catarina, comorequisito parcial para a obtenção do título de Engenheiro de Produção e Sistemas.


Joinville, 24 de maio de 2010.

Dedico este trabalho à minha família, minha namorada, aos meus amigos, aos meus professores e a todos que participam da minha caminhada.

AGRADECIMENTOS

A Deus, pelo dom da vida, por desfrutar deste momento e poder contar com o apoio de pessoas especiais que estiveramcomigo nesta caminhada e que, de alguma forma, contribuíram para eu concretizar este sonho; Aos meus pais, pelo apoio e carinho; À minha namorada, pelo carinho e companheirismo; Aos amigos, sempre presentes na vida fora da universidade; Ao professor A. T. V., meu orientador, que sempre respeitou minhas idéias e opiniões, respondendo minhas dúvidas, sem deixar de apontar os pontos a serem melhorados naconstrução dessa monografia; A todos que de alguma forma contribuíram para a minha formação acadêmica.

Todas as inovações eficazes são surpreendentemente simples. Na verdade, o maior elogio que uma inovação pode receber é haver quem diga: “isto é óbvio. Por que não pensei nisso antes?”

PETER DRUCKER

RESUMO

O ponto de vista inicial para o pensamento empresarial é a clara compreensãodo “valor”. O valor é medido pela quantia que o cliente está disposto a pagar por um bem ou serviço. Entretanto, por diversos motivos, é muito difícil definir o valor com precisão, quantificar tudo que é gerado desde a solicitação até a entrega do produto. Este trabalho procurou identificar o caminho percorrido desde o pedido do cliente até a entrega do mesmo, expondo todos os passos desse fluxo eidentificando os desperdícios, visando à otimização desse processo. Este trabalho está dividido em duas partes. Na primeira, é feita uma pesquisa bibliográfica, com um levantamento da história, conceitos e princípios da ferramenta de mapeamento de fluxo de valor. Na segunda, a análise do fluxo de valor foi feita através de estudo de caso em empresa do setor plástico, em busca de uma melhoriaglobal do fluxo e eliminação das atividades que não agregam valor. Os resultados mostraram a grande eficácia do mapeamento de fluxo de valor, em especial na clara exposição dos pontos a serem melhorados. Conseguiu-se chegar a melhorias significativas no processo e diminuir drasticamente os desperdícios dentro da cadeia produtiva. Pode-se concluir que a ferramenta do Mapeamento de Fluxo de Valor éextremamente válida quando se busca melhorias numa cadeia produtiva sem recorrer a novas tecnologias ou gastos excessivos. Foi possível melhorar o processo reconhecendo os pontos falhos e atuando de forma pro ativa nos potenciais ganhos expostos pelo mapeamento, alcançando grandes resultados.

PALAVRAS-CHAVE: Cadeia produtiva. Fluxo de Valor. Injeção e Extrusão Plástica.

LISTA DE FIGURASFigura 1 - Estrutura do Sistema Toyota de Produção – Ghinato (2000) .................................. 23 Figura 2 - Exemplo de um mapa do fluxo de valor .................................................................. 28 Figura 3 – Produção por lote .................................................................................................... 41 Figura 4 – Produção com fluxo contínuo...
tracking img