Manuscrito do mar morto

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 9 (2226 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 15 de março de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Manuscritos do Mar Morto
MGT

Numa manhã de inverno de 1946-1947, três pastores beduínos (nômades do deserto) da tribo Ta’amireh, que estavam com seu rebanho ali, quando à procura de algumas cabras, percebe duas aberturas na rocha. Ao tampar pedras pela abertura da rocha, ouve barulho de cerâmica quebrando. Dois dias após entrou na caverna, encontrando uma série de jarros. Assim começaram aser encontrados os manuscritos.
Os trabalhos de escavações iniciaram em 15 de fevereiro de 1949 e terminou em 21 de março de 1958. Onze grutas, seis escavadas no flanco do terraço e cinco na base da falésia.
O primeiro manuscrito do Mar Morto foi encontrado no Cairo, Egito. Foi recuperado em 1897 numa guenizáh, local em uma sinagoga onde se guardam cópias de textos sagrados em desuso. ODocumento de Damasco (ou Fragmentos Zadoqueus). A obra é dividida em uma Exortação e uma lista de Estatutos. Foi escrito por volta de 10 a.C.
Os manuscritos bíblicos encontrados em Qumran abrangem toda Bíblia hebraica, exceto o livro de Ester e, são aproximadamente mil anos mais antigos do que o mais velho códice.
Um dos primeiros manuscritos retirados das grutas próximas ao sítio de Qumran foi a Regrada Comunidade. Este documento de onze colunas apresenta poucas lacunas e está em bom estado de conservação. Na gruta 4 foram descobertos também outros manuscritos fragmentários da mesma regra.
A comunidade do Mar Morto (ou Qumran) foi estabelecida ali no século II a.C., que sobreviveu por cerca de dois séculos ou mais.
A maioria dos manuscritos está em pergaminho, o restante em papiro.
Além dosmanuscritos hebraicos, foram encontrados gregos e aramaicos. Os gregos são fragmentos de Êxodo, Levítico, Números e Deuteronômio. Há fragmentos dos Targuns de Levítico e Jó.
Os manuscritos concordam com o texto massorético e, indicam a existência de “protomassoréticos” entre os séculos I-III a.C..
Onze grutas , seis escavadas no flanco do terraço, cinco na base da falésia.
Os lotes maissignificativos provêem das grutas 1Q, 4Q, 11Q.
4Q, o maior número de manuscritos de sete grutas, estas agrupadas em áreas próximas ao Qirbet Qumran. As outras quatro grutas, estão agrupadas em áreas ao norte.
Na 1ª gruta, sete manuscritos. Várias obras sectárias. Dois manuscritos do livro de Isaías, um terceiro é comentário de Habacuque. Os quatro últimos rolos receberam nomes de acordo com seuconteúdo: Apócrifo de Gênesis, Regra (ou Manual de Disciplina), Regra da Guerra dos Filhos da Luz contra os Filhos da Trevas, e Hinos.
OS ESCRITOS
O PRECEITO DA COMUNIDADE (1QS)
Descoberto na caverna 1, as onze colunas deste manuscrito, relativamente bem conservadas, foi publicado pela 1ª vez em 1951. Importantes fragmentos de outros manuscritos do Preceito, contendo algumas versões diferentes, tambémforma encontrados nas cavernas IV e V.
O manuscrito principal leva a marca da modificação editorial. Principalmente a seção que abrange as colunas VIII-IX foi submetida a alteração e é consideravelmente resumida em um dos manuscritos fragmentários.
O Preceito da Comunidade é provavelmente um dos documentos mais antigos da comunidade; sua composição original pode datar de 100 a.C..
Contémtrechos de cerimônias litúrgicas, estatutos referentes a iniciação no grupo, à vida comum, organização e disciplina, um código penal e uma dissertação poética sobre os deveres fundamentais do Mestre e seus discípulos.
PRECEITO DE DAMASCO (CD)
Fragmentos extensos fora recuperados de três cavernas de Qumrã. Duas cópias incompletas deste documento foram encontradas em 1896-7, em meio a uma grandequantidade de manuscritos jogados num depósito (guenizá) de uma velha sinagoga do Cairo, Egito.
Datando do século X e XII respectivamente, os manuscritos encontrados no Cairo.
O titulo Preceito de Damasco deriva das referências na Exortação à “Nova Aliança” feita na terra de Damasco. É sugerido que este documento tenha sido escrito por volta de 10 a.C..
O PRECEITO DA GUERRA (1QM, 4QM)
Este...
tracking img