Manual makaria

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 7 (1548 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 25 de outubro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
MAKARIA
MANUAL DE UTILIZAÇÃO
Andreas Paulus Scherdien Berwaldt Fabiano Daniel Guzon Vinícius Ioppi

INTRODUÇÃO
Desde o primeiro semestre de 2004 tem ocorrido na Escola de Engenharia da Universidade Federal do Rio Grande do Sul a Competição de Pontes de Espaguete, consistindo na análise, projeto, construção e ensaio destrutivo de uma ponte treliçada de massa do tipo espaguete. Para auxiliaros participantes da competição no projeto de suas pontes, desenvolveu-se o programa Makaria, que realiza a análise e o projeto de treliças planas de espaguete. Para tornar o uso deste programa mais simples, desenvolveu-se este pequeno manual. A entrada de dados no programa é feita através de um arquivo no formato texto (.txt), no qual os dados deverão estar previamente armazenados. Ao iniciar aexecução do programa, será pedido para que o usuário digite o nome do arquivo. A seguir, o programa lê os dados no arquivo e executa a análise da treliça plana pelo método dos deslocamentos em forma matricial, obtendo o valor das solicitações nas barras e das reações nos vínculos. Após isto, é feito o dimensionamento das barras, fornecendo-se o número de fios de espaguete de cada barra.DIMENSIONAMENTO
O dimensionamento das barras tracionadas é feito com a equação 1,

Númerodefios =

N (kgf ) 4,267(kgf )

(1)

na qual N é o esforço normal de tração a que está submetida a barra.

O dimensionamento das barras comprimidas é feito com a equação 2,

Númerodefios =

N * L2 279056 * r 4

(2)

em que N é o esforço normal de compressão em kgf, L o comprimento da barra e r o raiode um fio de espaguete, ambos em centímetro. Estas equações foram obtidas com a realização de ensaios experimentais com barras de espaguete, que foram submetidas à tração e à compressão. O número de fios de espaguete das barras tracionadas é determinado pela divisão do esforço normal de tração a que está submetido a barra, pela resistência média de cada fio (4,267 kgf). Já as barras comprimidasrompem por um processo de flambagem. Para maiores detalhes sobre a dedução das fórmulas de dimensionamento consultar o endereço eletrônico

http://www.ppgec.ufrgs.br/segovia/espaguete/dados.html. O programa considera que o número mínimo de fios de espaguete de uma barra deve ser três, ou seja, para barras cujos dimensionamentos resultam em um número de fios menor do que este, o programa consideraque estas barras possuem três fios de espaguete. Nos programas de análise de estruturas geralmente pede-se as áreas dos elementos para que se possa calcular os deslocamentos nodais. No entanto, como o objetivo deste programa é justamente determinar o número de fios de espaguete de cada barra e, consequentemente, as áreas das barras, esta informação não é requerida e os deslocamentos nodais nãosão fornecidos pelo programa. Por este motivo, o valor do módulo de elasticidade tambem não é requerido. O programa utiliza o valor 36000 kgf / cm², determinado experimentalmente, para o cálculo do número de fios das barras comprimidas.

ENTRADA DE DADOS
Os dados contidos no arquivo texto devem seguir uma ordenação pré-definida, para que sejam armazenados corretamente pelo programa. A ordem decolocação dos dados no arquivo será exemplificada com a utilização da estrutura, composta de quatro nós e cinco elementos, ilustrada na figura 1.

Figura 1: geometria da estrutura As coordenadas dos nós em cm estão apresentadas no quadro 1: Nomes dos nós Coordenada x Coordenada y 1 0 0 2 100 100 3 100 0 4 200 0 Quadro 1: coordenadas dos nós, em cm As conetividades dos elementos estão apresentadasno quadro 2. Nomes dos elementos Nó inicial Nó final 1 1 2 2 1 3 3 2 4 4 3 4 5 2 3 Quadro 2: conetividades dos elementos

Considerou-se a estrutura vinculada nos nós 1 e 4, nos dois eixos, horizontal e vertical; e com dois carregamentos diferentes, de 25 kgf e 50 kgf, ambos aplicados no nó 3, na direção vertical, para baixo. Também utilizou-se um coeficiente de segurança à tração de 1,5 e um...
tracking img