Manual laboratoristas

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 41 (10095 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 17 de março de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
MANUAL DE

UNIVERSIDADE DOS AÇORES

BOAS PRÁTICAS LABORATORIAIS
- UNIVERSIDADE DOS AÇORES

2008

MANUAL DE BOAS PRÁTICAS LABORATORIAIS

UNIVERSIDADE DOS AÇORES

FICHA TÉCNICA
TÍTULO: MANUAL DE BOAS PRÁTICAS LABORATORIAIS – UNIVERSIDADE DOS AÇORES
COORDENAÇÃO CIENTÍFICA: MARIA ANUNCIAÇÃO VENTURA
REGINA TRISTÃO DA CUNHA
EQUIPA TÉCNICA: CARLA MELO
SANDRA MONTEIRO
EDIÇÃO: CENTRODE CONSERVAÇÃO E PROTECÇÃO DO AMBIENTE (CCPA) DA UNIVERSIDADE DOS AÇORES
SECRETARIA REGIONAL DO AMBIENTE E DO MAR
ANO: 2008
PROJECTO: GERLAB – GESTÃO DE RESÍDUOS LABORATORIAIS DA UNIVERSIDADE DOS AÇORES

2/43
CENTRO DE CONSERVAÇÃO E PROTECÇÃO DO AMBIENTE

MANUAL DE BOAS PRÁTICAS LABORATORIAIS

UNIVERSIDADE DOS AÇORES

ÍNDICE
1.

PROCEDIMENTOS GERAIS LABORATORIAIS
1.1. ACESSO AOSLABORATÓRIOS
1.2. PROTECÇÃO OCULAR
1.3. PROTECÇÃO DAS MÃOS
1.4. VESTUÁRIO
1.5. ÁREAS DE TRABALHO NO LABORATÓRIO
1.6. NORMAS

2.

PROCEDIMENTOS EM CASOS DE EMERGÊNCIA
2.1. CONTACTOS DE EMERGÊNCIA
2.2. ACIDENTES COM RISCOS PARA A INTEGRIDADE FÍSICA DE INDIVÍDUOS
2.2.1. PRIMEIROS SOCORROS
2.2.1.1. FERIDAS
2.2.1.2. QUEIMADURAS POR CALOR
2.2.1.3. QUEIMADURAS OU DERRAMES QUÍMICOS SOBRE OCORPO
2.2.1.4. INTOXICAÇÕES

2.3. ACIDENTES COM RISCO PARA A INTEGRIDADE DO EDIFÍCIO E/OU
INTEGRIDADE FÍSICA DE TODOS OS INDIVÍDUOS NO EDIFÍCIO
2.3.1. INCÊNDIO
2.3.2. DERRAME QUÍMICO

2.3.2.1. PEQUENOS DERRAMES QUÍMICOS
2.3.2.2. GRANDES DERRAMES QUÍMICOS
2.3.2.3. DERRAMES DE MATERIAIS ESPECÍFICOS

2.3.3. ACIDENTES COM MATERIAIS BIOLÓGICOS
2.4. MATERIAL DE EMERGÊNCIA

3.ARMAZENAMENTO E MANUSEAMENTO DE PRODUTOS QUÍMICOS E

BIOLÓGICOS

3.1. AQUISIÇÃO DE PRODUTOS QUÍMICOS
3.2. IDENTIFICAÇÃO E ARMAZENAGEM DE PRODUTOS QUÍMICOS
3.3. MANUSEAMENTO DE PRODUTOS QUÍMICOS
3.4. MANUSEAMENTO DE MATERIAL BIOLÓGICO
3.4.1. PRÁTICAS MICROBIOLÓGICAS GERAIS
3.4.2. EQUIPAMENTO DE SEGURANÇA – BARREIRAS PRIMÁRIAS
3.4.3. INSTALAÇÕES LABORATORIAIS – BARREIRAS SECUNDÁRIAS

4.

RESÍDUOSLABORATORIAIS

5.

FORMAÇÃO

4.1. PROCEDIMENTOS GERAIS
4.2. RESÍDUOS BIOLÓGICOS
4.3. RESÍDUOS QUÍMICOS

3/43
CENTRO DE CONSERVAÇÃO E PROTECÇÃO DO AMBIENTE

MANUAL DE BOAS PRÁTICAS LABORATORIAIS

UNIVERSIDADE DOS AÇORES

ANEXOS
ANEXO I – SÍMBOLOS DE PERIGO E FRASES DE RISCO S SEGURANÇA
ANEXO II – MATERIAIS DE COMBATE A INCÊNDIOS
ANEXO III – RESÍDUOS LABORATORIAIS – RÓTULOS,CONTENTORES E INFRA-ESTRUTURAS

4/43
CENTRO DE CONSERVAÇÃO E PROTECÇÃO DO AMBIENTE

MANUAL DE BOAS PRÁTICAS LABORATORIAIS

UNIVERSIDADE DOS AÇORES

PREFÁCIO
O manuseamento de produtos químicos, agentes biológicos, materiais radioactivos e equipamento
de investigação em geral, existentes nos laboratórios de ensino e investigação, apresenta
potenciais riscos associados à sua exposiçãopara os investigadores, técnicos e alunos e requer
formação e sensibilização adequada no que respeita aos requisitos mínimos de saúde e segurança
nesta matéria.
Neste contexto, o presente Manual de Boas Práticas Laboratoriais da Universidade dos Açores
(MBPL - UAç), pretende constituir um guia de consulta rápida e prática relativamente aos principais
procedimentos de segurança e em caso deacidente que devem ser implementados nos
laboratórios desta instituição de ensino superior, mas com uma abrangência também
suficientemente generalista para que possa ser adaptado e aplicado a outras instituições com
laboratórios de ensino e investigação. Deverá, igualmente, ser facultado a todos os investigadores
(professores, técnicos e alunos) que iniciem o seu trabalho num laboratório para queestes estejam
conscientes dos procedimentos implementados, regras de segurança e potenciais riscos e perigos
a que estão sujeitos.
O MBPL – UAç surge no âmbito do Projecto de Gestão de Resíduos Laboratoriais da Universidade
dos Açores – GeRLab, iniciado em 2004, em resultado de um protocolo entre a Fundação Gaspar
Frutuoso e a Secretaria Regional do Ambiente e do Mar. Para além da elaboração...
tracking img