Manual do entrevistador

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 27 (6588 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 5 de março de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
Manual de Procedimentos, Normas e Funções do Entrevistador

LATIN AMERICAN PUBLIC OPINION PROJECT (LAPOP) BARÔMETRO DAS AMERICAS VANDERBILT UNIVERSITY

2010

Manual Do Entrevistador
@Copyright, direitos reservados, LAPOP 2010

SUMÁRIO
1. Introdução 2. Algumas definições básicas 2.1. O que é uma enquete? 2.2. O que é uma amostra? 2.3. Entrevista 2.4. Entrevistador 2.5. Entrevistado2.6. Questionário 2.7. Supervisor 3. Funções e responsabilidades do entrevistador 3.1. Funções e responsabilidades 3.2. Materiais do entrevistador 4. Considerações éticas 1 3 3 3 3 3 4 4 4 5 5 6 7

5. Procedimento para realizar a entrevista 7 5.1. Fatores motivadores e inibidores 10 5.2. Aspectos fundamentais a considerar ao realizar uma entrevista 12 6. Relação com o supervisor 6.1. Recebimento eentrega de materiais 7. Proibições do entrevistador 13 13 14

8. Instruções específicas para o preenchimento correto dos questionários de LAPOP 16 Anexos Anexo 1: Carta de consentimento Anexo 2: Cartão de apoio 23 24 25

i

Manual Do Entrevistador
@Copyright, direitos reservados, LAPOP 2010

1. Introdução
O Projeto de Opinião Pública da América Latina (LAPOP) vem atuando como vanguardana realização de enquetes de opinião pública e tem adquirido uma ampla experiência e reconhecimento pela alta qualidade da informação conseguida através das mesmas. Desde os anos 70, vem realizando enquetes de forma sistemática na América Latina com o propósito de examinar os pontos de vista dos cidadãos no âmbito político, especificamente seus comportamentos e valores relacionados à democracia –apoio ao sistema, tolerância política, autoritarismo, corrupção, governos locais, e participação do cidadão. Ademais, tem procurado determinar a magnitude e a forma em que as mulheres podem ser, e têm sido, excluídas da participação política, assim como também, conhecer os efeitos que tanto a educação na tolerância quanto a percepção da corrupção nos governos produzem na população. Anteriormente,o LAPOP tinha sede na Universidade de Pittsburgh e atualmente, desde 2004, faz parte da Universidade de Vanderbilt. Em sua longa trajetória tem conduzido mais de 60 enquetes, através das quais tem sondado uma variedade de tópicos que são de grande interesse para pesquisadores sociais e políticos, funcionários governamentais, instituições que trabalham com temas relacionados com o fortalecimentodas democracias na América Latina e para cidadãos interesados nestes temas. Apesar de que o Projeto de Opinião Pública da América Latina começou de maneira informal, sua elevada reputação na condução de enquetes de qualidade criou uma crescente demanda na realização de pesquisas sobre diversos aspectos da democracia a qual permitiu a expansão do LAPOP. Até hoje, o LAPOP conduziu enquetes naBolívia, Colômbia, Costa Rica, República Dominicana, Equador, El Salvador, Guatemala, Honduras, México, Nicarágua, Panamá, Paraguai, Perú, Venezuela, Chile, Brasil, Jamaica, Guiana, Haiti, assim como também, nos Estados Unidos, Canadá, Madagascar, Israel, e Albânia. Com o passar dos anos, o LAPOP criou um inestimável tesouro de base de dados que contém informações de opinião pública na América Latinasobre a área política e, mais especificamente, sobre temas relacionados com a democracia. No mais, uma avaliação independente realizada às enquetes do Projeto de Opinião Pública da América Latina determinou que o LAPOP alcançou seu ambicioso objetivo de produzir qualidade de informação registrada através de enquetes – assim como também, produção de analises – o qual cumpre com os mais altos padrões depesquisa acadêmica tanto nos Estados Unidos quanto na Europa. O LAPOP alcançou também outro de seus objetivos: contribuir à consolidação da democracia e o desenvolvimento da América Latina e de outros países através do impacto e uso dos resultados das enquetes por parte de analistas, acadêmicos, pesquisadores, funcionários públicos e todas as pessoas envolvidas na elaboração de políticas...
tracking img