Manual de saneamento

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 5 (1125 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 26 de fevereiro de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
UNIVERSIDADE FEDERAL DO ACRE

CENTRO DE CIÊNCIAS EXATAS E TECNOLÓGICAS


CURSO DE ENGENHARIA CIVIL





DISCIPLINA

SANEAMENTO GERAL








RESUMO 1ª UNIDADE:
NOÇÕES DE SANEAMENTO BÁSICO









RIO BRANCO - ACRE
1. Noções de Saneamento Básico
1.1 Saneamento e Saúde.
1.2 Atividades Básicas do Saneamento.
1.3 Doenças Relacionadas à falta deSaneamento Básico.


1.1 Saneamento e Saúde

AMBIENTE
...espaço, lugar, (que cerca ou envolve os seres vivos e/ou as coisas)

SAÚDE (OMS)

“Estado de completo bem-estar físico, mental e social, e não apenas a ausência de doença ou enfermidade”

SANEAMENTO (O.M.S.)
“... o controle de todos os fatores do meio físico do homem que exercem ou podem exercer efeitodeletério sobre o seu bem-estar físico, mental ou social”

SANEAMENTO (definição clássica)
“...é o conjunto de obras e medidas, visando preservar ou modificar as condições do ambiente com a finalidade de prevenir doenças e promover a saúde”

SAÚDE PÚBLICA (OMS)

“É a ciência e a arte de evitar doenças, prolongando a vida e promovendo saúde e eficiência através de esforçospromovidos pelas comunidades”
Esforços: Saneamento ambiental
Controle das infecções transmissíveis
Educação individual na higiene pessoal
Organização de serviços médicos
Trabalho preventivo das doenças


Fatores intervenientes para implementação das ações:

Tecnologia - Recursos financeiros - Consideraçõesmorais e éticas


Epidemiologia (conceito):

Estudo dos fatores sociais e ambientais que determinam a saúde humana, o destino dos patogênicos no ambiente e a importância (quantidade) destes patogênicos nos processos das doenças.


Epidemiologia (objeto de estudo):


Causas das doenças - Mecanismos de transmissão - Conseqüências à coletividade






Fatoresintervenientes nas doenças


1. Agente etiológico
- Identificação.
- Contaminação.
- Desinfecção.
- Esterilização.


2. Fonte de contaminação
- pessoa - animal - objeto - substância

3. Reservatório de contaminação (vive e multiplica-se)
-homem - animal - vegetal - solo

4. Modo de transmissão dadoença
-contágio: direto / indireto.
-veículo : água / alimento / ar, etc.
-vetor animado: elemento que transmite.




Índices bioestatísticos

-nível de saúde geral.
-importância ou classe da doença.
-avaliação da distribuição das doenças no tempo, espaço e população.

Alguns índices bioestatísticos:
- prevalência = n.ºtotal de casos comunidade / população.
- incidência = nº de casos novos / população.
- coeficiente de mortalidade = n.º mortes (em um ano) / população.
- coeficiente de letalidade = n.º óbitos / n.º doentes



Variações Espaciais e Temporais das Ocorrências das Enfermidades

- Epidemias: incidência mantida (tempo limitado) conduzindo a um n.º anormal eelevado de casos numa determinada área ou região.


- Endemias: a prevalência mantêm-se continuadamente elevada em uma determinada região.
- Pandemias: quando a epidemia em determinados pontos se alastra a partir de um foco, atingindo grandes áreas, com intervalos de tempo relativamente pequenos e atravessando nações ou até mesmo continentes.






2. Atividades Básicasdo Saneamento

- Abastecimento de água.


[pic]


- Esgotamento sanitário


[pic]


- Disposição do lixo (resíduos sólidos).
[pic]


- Drenagem pluvial.


[pic]

- Saneamento dos alimentos, das escolas, da habitação, dos locais de trabalho e lazer.

- Controle de...
tracking img