Manual de metodologia

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 33 (8010 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 12 de março de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
PROFESSORA MARCIA GLEBYANE MACIEL QUIRINO

MANUAL DA DISCIPLINA DE METODOLOGIA DO TRABALHO CIENTÍFCO

MARÇO 2010

APRESENTAÇÃO A universidade A Universidade Federal de Campina Grande foi criada em 2002 com o desmembramento da Universidade Federal da Paraíba. A autonomia dos campi do interior e o considerável incentivo orçamentário possibilitaram uma visão mais próxima da realidadelocal e conseqüentemente um aproveitamento mais racional dos recursos destinados. Nesse contexto, temos uma estrutura multicampi. No Campus de Campina Grande, sede da Reitoria, estão instalados 05 centros de ensino: o Centro de Humanidades (CH), o Centro de Ciências Biológicas e da Saúde (CCBS), o Centro de Engenharia Elétrica e Informática (CEEI), o Centro de Tecnologia e Recursos Naturais (CTRN)e o Centro de Ciências e Tecnologia (CCT). Em Cuité, o Centro de Educação e Saúde (CES); em Patos, o Centro de Saúde e Tecnologia Rural (CSTR); em Pombal, o Centro de Ciências e Tecnologia Agroalimentar (CCTA); em Sousa, o Centro de Ciências Jurídicas e Sociais (CCJS); em Cajazeiras, situa-se o Centro de Formação de Professores (CFP); e, mais recentemente em Sumé, o Centro de DesenvolvimentoSustentável do Semiário (CDSA).

ENSINO/PESQUISA/EXTENSÃO Um centro acadêmico deve contar com o pleno apoio ao desenvolvimento da tríade universitária do ensino, pesquisa e extensão. Não há como conceber um ensino em nível de graduação sem a participação ativa dos discentes e docentes em atividades que possibilitem a plenitude dos conhecimentos adquiridos durante o curso. É dever da academiarepartir o conhecimento e favorecer o desenvolvimento social estreitando os laços entre a universidade e a sociedade.

As bibliotecas Não como falar em conhecimento sem destacar a importância das fontes e pesquisas bibliográficas. Nesse processo de formação acadêmica a biblioteca é a melhor parceira dos estudantes. O conhecimento da organização e disposição das estantes e livros em umabiblioteca facilita o trabalho do pesquisador e permite uma visão geral do acervo que está à sua disposição. As visitas periódicas à biblioteca instigam a leitura, o conhecimento e principalmente a descoberta de novos temas de estudo que podem propiciar o constante interesse pela ciência.

O DIREITO NO BRASIL

HISTÓRIA DA FORMAÇÃO DO DIREITO NO BRASIL i

 Poder aristocrático  Elitesagrárias locais/Latifúndio/Conservadorismo/Burocracia  Patrimonialismo: “tipo de dominação tradicional em que não se diferenciam nitidamente as esferas do público e do privado” (referencial Weberiano)1  Legado liberal  Modo de Produção  Séc. XV – regime feudal  Séc. XVIII - capitalismo  Mercantilismo  Agricultura tropical/produtos primários/monocultura  Monopólio opressivo do comércio pelaMetrópole  Formação Social  Portugueses  Latifundiários, pequenos proprietários rurais  Escravidão  Indígenas  Negros  Mestiços  Organização Política  Descentralização – poder local  Centralização – poder central  Cursos Jurídicos no Brasil  Pernambuco  São Paulo

PODER JUDICIÁRIO BRASILEIRO

STF
STJ
TRIBUNAL REGIONAL FEDERAL

TST
TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO

TSETRIBUNAL REGIONAL ELEITORAL

STM
TRIBUNAL DE JUSTIÇA MILITAR

TRIBUNAL DE JUSTIÇA

JUÍZES DE DIREITO

JUÍZES FEDERAIS

JUÍZES DO TRABALHO

JUÍZES ELEITORAIS

JUÍZES MILITARES

1

WOLKMER, Antonio Carlos. História do direito no Brasil. 4. ed. Rio de Janeiro: Forense, 2007. p.43. ii

SUMÁRIO

UNIDADE I – TEORIA DO CONHECIMENTO........................................................ 2 1 2 2.1 2.2 2.2.1 2.2.2 2.2.3 2.2.4 2.2.5 2.2.6 2.2.7 2.3 2.4 3 TEORIA DO CONHECIMENTO ...................................................................... 2 LEITURA ...................................................................................................... 2 LEITURA E TEORIA DO CONHECIMENTO ................................................... 3 FASES DA LEITURA...
tracking img