Manual de acesso de prop marginais a rod. federais ipr-728

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 47 (11533 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 15 de março de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
DNIT
Publicação IPR - 728

MANUAL DE ACESSO DE PROPRIEDADES MARGINAIS A RODOVIAS FEDERAIS

2006

MINISTÉRIO DOS TRANSPORTES DEPARTAMENTO NACIONAL DE INFRA-ESTRUTURA DE TRANSPORTES DIRETORIA DE PLANEJAMENTO E PESQUISA COORDENAÇÃO GERAL DE ESTUDOS E PESQUISA INSTITUTO DE PESQUISAS RODOVIÁRIAS

MANUAL DE ACESSO DE PROPRIEDADES MARGINAIS A RODOVIAS FEDERAIS

REVISÃO Engesur Consultoriae Estudos Técnicos Ltda EQUIPE TÉCNICA:
Eng° José Luis Mattos de Britto Pereira (Coordenador) Eng° Zomar Antonio Trinta (Supervisor) Eng° Amarílio Carvalho de Oliveira (Consultor) Engº Annibal Espinola Rodrigues Coelho (Consultor) Téc° Alexandre Martins Ramos (Técnico em Informática) Técª Célia de Lima Moraes Rosa (Técnica em Informática) Téc° Felipe de Oliveira Martins (Técnico em Informática)COMISSÃO DE SUPERVISÃO:
Eng° Gabriel de Lucena Stuckert (DNIT / DPP / IPR) Eng° Mirandir Dias da Silva (DNIT / DPP / IPR) Eng° José Carlos Martins Barbosa (DNIT / DPP / IPR) Eng° Elias Salomão Nigri (DNIT / DPP / IPR)

REVISÃO, ATUALIZAÇÃO E COMPLEMENTAÇÃO DAS INSTRUÇÕES PARA AUTORIZAÇÃO E CONSTRUÇÃO DE ACESSO ÀS RODOVIAS FEDERAIS - 1991. ELABORAÇÃO: Divisão de Engenharia e Segurança deTrânsito do DNER.

Brasil. Departamento Nacional de Infra-Estrutura de Transportes. Diretoria de Planejamento e Pesquisa. Coordenação Geral de Estudos e Pesquisa. Instituto de Pesquisas Rodoviárias. Manual de acesso de propriedades marginais a rodovias federais. Rio de Janeiro, 2006. 75p. (IPR. Publ., 728). 1. Rodovias – Acessos – Manuais. I. Série. II. Título.

Impresso no Brasil / Printed inBrazil

MINISTÉRIO DOS TRANSPORTES DEPARTAMENTO NACIONAL DE INFRA-ESTRUTURA DE TRANSPORTES DIRETORIA DE PLANEJAMENTO E PESQUISA COORDENAÇÃO GERAL DE ESTUDOS E PESQUISA INSTITUTO DE PESQUISAS RODOVIÁRIAS

Publicação IPR - 728

MANUAL DE ACESSO DE PROPRIEDADES MARGINAIS A RODOVIAS FEDERAIS

Rio de Janeiro 2006

MINISTÉRIO DOS TRANSPORTES DEPARTAMENTO NACIONAL DE INFRA-ESTRUTURA DETRANSPORTES DIRETORIA DE PLANEJAMENTO E PESQUISA COORDENAÇÃO GERAL DE ESTUDOS E PESQUISA INSTITUTO DE PESQUISAS RODOVIÁRIAS Rodovia Presidente Dutra, Km 163, Vigário Geral Rio de Janeiro, 21240-000, RJ Tel/Fax: (21) 3371-5888 E-mail.: ipr@dnit.gov.br TÍTULO: MANUAL DE ACESSO DE PROPRIEDADES MARGINAIS A RODOVIAS FEDERAIS

Revisão: DNIT / Engesur Contrato: DNIT / Engesur PG – 157/2001-00 Aprovado pelaDiretoria Colegiada do DNIT em 03/10/2006.

APRESENTAÇÃO O Instituto de Pesquisas Rodoviárias do Departamento Nacional de Infra-Estrutura de Transportes, dando prosseguimento ao Programa de Revisão e Atualização de Normas e Manuais Técnicos vem apresentar à comunidade rodoviária o Manual de Acesso de Propriedades Marginais a Rodovias Federais, objeto da revisão e atualização das Instruçõespara Autorização e Construção de Acessos às Rodovias Federais, de agosto de 1991.

O presente documento objetiva definir e especificar a sistemática a ser adotada no processo de concessão do acesso, desde a solicitação até a elaboração do projeto, assegurando um tratamento uniforme para toda a malha rodoviária federal.

Assim sendo, o IPR apreciaria receber quaisquer comentários, observações,sugestões e críticas que possam vir a contribuir para o aperfeiçoamento da técnica e do estado da arte dos acessos às rodovias federais.

Eng° Chequer Jabour Chequer Coordenador do Instituto de Pesquisas Rodoviárias

Endereço para correspondência: Instituto de Pesquisas Rodoviárias A/C Divisão de Capacitação Tecnológica Rodovia Presidente Dutra, Km 163, Centro Rodoviário, Vigário Geral, Rio deJaneiro CEP – 21240-000, RJ Tel/Fax: (21) 3371-5888 e-mail: ipr@dnit.gov.br

LISTA DE ILUSTRAÇÕES LISTA DE FIGURAS
Figura 1 Figura 2 Figura 3 Figura 4 Figura 5 Figura 6 Figura 7 Situações de acesso ................................................................................. Fluxograma do sistema de concessão de acessos ................................... Fluxograma dos sistemas de...
tracking img