Manual-analise de projectos de investimento

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 41 (10088 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 8 de janeiro de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
Manual de Formação “Análise Económico-Financeira de Projectos” ÍNDICE I-) Projectos de Investimento………………….…....................………….…..….…Pág. 3 I.1-) Enquadramento Teórico………………….….......................………...….…Pág. 3 I.2-) Tipologia de Projectos de Investimento……………….................…..….…Pág. 4 I.3-) Análise de Projectos de Investimento………………….......………...….…Pág. 8 II-) Localização doProjecto…………………………….……….......…….....….…Pág. 9 II.1-) Factores de Localização-Vantagens Comparativas…………….………..Pág. 10 II.2-) Factores de Vantagens Competitivas……………………………....….…Pág. 12 III-) Análise de Mercado………………………………………..…………..….…Pág. 17 III.1-) Análise da Oferta……………………………………..…….……..….…Pág. 18 III.2-) Análise da Procura……………..……………………..…………..….…Pág. 22 III.3-) Métodos dePrevisão…………..……………………..……….…..….…Pág. 24 III.4-) Capacidade do Projecto………..……………………..…………...….…Pág. 31 III.5-) Preço do Produto………..……………………..…………...…..…….…Pág. 33 IV-) Critérios de avaliação de Investimentos………..………..………...…..….…Pág. 35 IV.1-) Valor Actual Liquido………..………..…………………....……..….…Pág. 36 IV.2-) Taxa Interna de Retorno………..…………………..……....…..…….…Pág. 38 IV.3-) Payback………..…………………..…………………….........…..….…Pág. 46 IV.4-) Analise Criticados Critérios Clássicos….……………...….....…..….…Pág. 48 IV.5-) Comparação de Projectos com horizontes diferentes….…………….…Pág. 53
MANUAL DE FORMAÇÃO: PLANO DE NEGÓCIOS Emissão: Pedro Carvalhosa Data de Emissão: Janeiro 2012

1

V-) Cash-Flow do Projecto….………………..………………………....…..….…Pág. 59 V.1-) Os momentos de Cash-Flow de um Projecto….………....…..........….…Pág. 62 V.2-) Principais Regras sobre osCash-Flows de um Projecto……..……….…Pág. 72 V.3-) Perspectivas de Cash-Flow….……………………………………..….…Pág. 76

VI-) Cash-Flow no último ano….………………………………...………....….…Pág. 80 VII-) Custo do Capital….………………………………...……...……….....….…Pág. 88 VII.1-) Modelo de Risco-Retorno….………………………………....……..…Pág. 90 VII.2-) Outros Modelos de Risco e Retorno….…………………….……….…Pág. 93 VII.3-) Custo Médio Ponderado doCapital….…………………..………….…Pág. 95 VII.4-) Conclusões e Criticas ao Método do Custo do Capital……...…………Pág. 99 VIII.-) Financiamento de Projectos….………………………….…………….…Pág. 102 VIII.1-) O Financiamento do Projecto….…………………...…………….…Pág. 102 VIII.2-) Financiamento de Curto Prazo….…………………...…..….…….…Pág. 102 VIII.3-) Os Financiamentos de Longo Prazo….…………….…….…....….…Pág. 107 VIII.4-) Decisões de Investimento e asDecisões de Financiamento…...….…Pág. 109 VIII.4.1-) A teoria clássica do financiamento ….....................................….…Pág. 110 VIII.4.2-) A teoria tradicional do financiamento …................................….…Pág. 112 VIII.4.3-) Os custos de falência …...……………………………………....…Pág. 114 VIII.4.4-) A informação assimétrica e a estrutura de capital …..............….…Pág. 118 VIII.4.5-)Conclusões sobre a Estrutura de Capital………………...……...…Pág. 121

MANUAL DE FORMAÇÃO: PLANO DE NEGÓCIOS

Emissão: Pedro Carvalhosa Data de Emissão: Janeiro 2012

2

I-) Projectos de Investimento

I.1-) Enquadramento Teórico  Em Gestão de Empresas, somos confrontados com momentos de Decisão de Investir ou Desinvestir, como seja, ponderar a entrada em novas áreas de negócios de negócio, modernizar,expandir ou mesmo criar alianças, fusões ou aquisições;  Essas decisões, enquadram-se na Gestão Estratégica das Empresa, e influenciam o valor de médio e longo prazo dos Projectos em Investimentos Reais;  As Decisões de Aceitação ou Rejeição, passam por critérios de selecção de recursos financeiros, humanos, materiais e tempo para a sua execução, com o objectivo de se obter retornos atractivospara os accionistas, maximizando assim a sua riqueza;  O principal Objectivo é o de explorar oportunidades de negócio no sentido de incrementar a capacidade de potenciar riqueza do capital, mesmo que tais Decisões de Investimento não tenham uma relação directa com as operações da empresa (Activos Extra-Exploração);  Por outro lado, temos os Investimentos de...
tracking img