Manifesto do partido comunista por karl marx

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 4 (934 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 2 de julho de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
RESENHA DO LIVRO: MANIFESTO DO PARTIDO COMUNISTA
O Manifesto do Partido Comunista foi redigido por Karl Marx e Friedrich Engels em 1848, e é considerado o texto fundador do marxismo, quando foipublicado pela primeira vez na Europa, alguns países do continente viviam uma crise política, econômica e social ferrenha, esta obra era um manual da revolução, que de uma certa forma repercutiu commuito sucesso desde então, tal obra passou a ser uma das mais lidas na história da humanidade, passando a ter uma forte influência nos movimentos sociais e políticos que ocorreram no decorrer dos tempos,a obra foi lançada como uma espécie de leitura breve, onde o público principal era os operários, assim o propósito de Marx e Engels estava numa forma de conscientizar esta classe de oprimidos ehumilhados(trabalhadores).
No Manifesto do Partido Comunista os autores buscavam um novo diálogo da dialética com a modernidade, e firmavam a essência do pensamento marximiano, tal que para Marx ahistória das sociedades era a história da luta de classes, isso se dá porque quando Marx e Engels fazem um estudo do capitalismo, a análise que os autores fazem é uma análise crítica, do sistema vigente,tanto é que Marx afirma que a burguesia como classe promove uma verdadeira revolução derrubando com força o sistema feudal, mas esta não eliminou o antagonismo que havia na sociedade, tanto é para Marx, oque havia na verdade era não mais do que a exploração do homem pelo homem, a prova disso ele vai buscar na história de tal exploração dos homens entre si. A análise que faz ao reconhecer a burguesiacomo a classe promovente de uma verdadeira revolução está no fato dessa transpor abaixo não só o sistema que vigorava até então como viria a criar uma nova forma de vida causando uma mudança tão velozaté nunca sido vista pela humanidade, tanto é dos autores a afirmação de que a burguesia fez até da própria dignidade pessoal um valor de troca, dando tanta liberdade que o comércio foi exposto de...
tracking img