Manifesto comunista

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 7 (1639 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 26 de novembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
INSTITUTO DE EDUCAÇÃO SUPERIOR SUMARÉ

Sociologia

Profº Michelangelo Torres



Aluna: Simone Soares de Souza

São Paulo
2012
Fichamento

1. Identificação do Texto

MARX, Karl; ENGELS, Friedrich. O Manifesto Comunista. 18ª Edição. São Paulo. Editora Paz e Terra, 2008

2. Palavras Chave

Comunismo, Socialismo e Proletariado

3. Compreensão do texto

3.1 IntroduçãoPorque os comunistas se escondem? Está na hora de aparecerem e exporem suas ideias ao mundo

3.2 - 1º Capítulo: Burgueses e Proletários

* A luta de classes sempre existiu, sempre houve o opressor e o oprimido
* O desenvolvimento do mundo da navegação, da negociação e das industrias fortaleceram a classe burguesa;
* O avanço de novos mercados fizeram com que os outros , como porexemplo a industria manufatureira, fosse "engolida" por novos meios de produção e assim quem tinha o poder da industria acaba adquirindo mais e assim surge a burguesia moderna que vem esmagando os menos privilegiados ;
* A política de um país serve para tratar de assuntos da burguesia, visto que esta vem se desenvolvendo desde a antiguidade;
* A burguesia desconsiderou qualquer credo, qualquersentimento, qualquer ideologia do homem e impôs o valor da troca, a exploração do menos beneficiado;
* A burguesia também sofreu revoluções porém essas foram para que seu crescimento fosse ainda maior. Revoluções nos meios de produção fortaleceram essa classe;
* Com a evolução dos meios de produção, a expansão do mercado se fez necessário e então a produção material e intelectual seexpandiu em território nacional e internacional, com isso, a burguesia traz a sua chamada "civilização", urbanizando cidades, diminuindo a vida rural e tornando não só seus habitantes, mais todo Estado dependentes;
* Com o crescimento da indústria manufatureira e seu domínio, a sociedade teve que se adaptar a burguesia pois em suas crises comerciais ameaçavam o fornecimento dos meios de subsistência;* Para evitar as crises a burguesia usa como armas seu maior triunfo: a conquista de mais propriedades e mercados. E para manejar essas armar cria a classe trabalhadora: o proletariado;
* A classe trabalhadora cresce conforme o capital aumenta, pois se há produção, há trabalho para essa classe que se restringe ao manuseio das maquinas que quanto mais evoluídas eram, maior seria oshorários de trabalho e menores os salários;
* Conforme as máquinas iam se evoluindo, menor a força e habilidade a ser empenhada, com isso a burguesia "abraça" a família do trabalhador, levando esposa e filhos para o trabalho, sendo que o pagamento era sugado pelas outras burguesias que os cercava, como os lojistas;
* Os pequenos produtores eram engolidos pelos grandes proprietários pois esses nãotinham capital suficiente para investir na indústria manufatureira;
* Mediante a tanta exploração, o proletariado resolve iniciar as revoluções, no entanto essa classe era tão desorganizada e não preparadas para atingir a alta burguesia que acabam afetando apenas a pequena burguesia;
* Com o avanço das indústrias, o número de trabalhadores cresce, e com isso a diferença social. Com essecrescente número, o proletariado vê a necessidade de se organizarem e criam os sindicatos que além de organizar as frentes trabalhistas, unem os trabalhadores distantes permitindo assim, uma luta maior e organizada;
* Essa luta de classes, essa nova classe, dá origem a um partido político o que gera disputas entre os próprios trabalhadores, e essa disputa é observada pela burguesia que seaproveitou para solicitar a ajuda do proletariado para defender-se de sua própria classe;
* Para Marx e Engels, o proletariado é a verdadeira classe revolucionária enquanto a chamada classe média é puramente conservadora;
* O proletariado vê que as leis, religiões, propriedades eram interesses dos burgueses e que para se tornar dono de um meio de produção teria que abandonar tudo o que foi...
tracking img