Manifesto comunista

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 7 (1728 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 22 de setembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Universidade Estadual de Ponta Grossa
Setor de Ciências Humanas e Artes
Departamento de História
Disciplina: Teoria da História II
Curso: Historia 2012/01



CARLOS ALBERTO ALVES GOMES

MANIFESTO COMUNISTA

UNIVERSIDADE ESTADUAL DE PONTA GROSSA
SETOR DE CIÊNCIAS HUMANAS, LETRAS E ARTES
CURSO DE LICENCIATURA EM HISTÓRIA
TURMA NA
DISCIPLINA: Teoria da História II

CARLOS ALBERTOALVES GOMES

Manifesto comunista

Trabalho apresentado como requisito
Parcial para obtenção de nota na disciplina de Teoria da História II do curso de
Licenciatura em História da UEPG
Orientação: Prof: Rosângela Petuba

Ponta Grossa
2012






ARGUMENTAÇÃO E DISCUSSÃO DOS TEXTOS BASE

Ambos os textos referenciam, de uma maneira geral, o conteúdo apresentado nomanifesto comunista, escrito por Marx e Engels, que é dividido em três partes: “Burgueses e Proletários”, “Proletários e Comunistas” e “Literatura Socialista e Comunista”. O primeiro título que sugere desde o início da leitura uma contraposição, dois lados de alguma coisa. E logo no começo temos a distinção dos burgueses e dos proletários, com a afirmação de que “a história de toda a sociedade até hojeé a história das lutas de classes”¹. Onde a “luta de classes” corresponde a “oposição das classes”, o que claramente causa a recíproca negação de um pelo outro.
Para explicar melhor as distinções entre as classes, ambas devem ser definidas de maneira clara e simples. Engels em nota à edição inglesa de 1888 explica:
Por burguesia entende-se classe dos capitalistas modernos, proprietários dosmeios de produção social e empregadores de trabalho assalariado. Por proletariado, a classe dos trabalhadores assalariados modernos, os quais, não tendo meios próprios de produção, estão reduzidos a vender a sua força de trabalho para poderem viver.
A grande contribuição deste capítulo talvez seja a descrição das enormes transformações que a burguesia industrial provocava no mundo, representando"na história um papel essencialmente revolucionário". Descrevendo numa sequência cronológica, Marx e Engels usando instrumentos de análise socioeconômica muito originais para a época, relatam o fenômeno da globalização que a burguesia implementava. Dos servos da idade média, surgiram os burgueses com direito de cidade que através da comercialização impulsionaram a deterioração do sistema feudaldando início a um novo sistema de comércio.
O aumento de mercado com as navegações, colônias, China, África chegou num ponto em que a manufatura não aguentou mais e forçou o surgimento da indústria moderna para suprir a demanda. O que mundializou o comércio, a navegação e os meios de comunicação.
O Manifesto fala de ontem, mas parece dizer de hoje. O desenvolvimento capitalista libera forçasprodutivas nunca vistas, "mais colossais e variadas que todas as gerações passadas em seu conjunto". O poderio do capital que submete o trabalho é anunciado e nos faz pensar no agora do revigoramento neoliberal: nos últimos 40 anos deste século XX, foram produzidos mais objetos do que em toda a produção econômica anterior, desde os primórdios da humanidade.
A revolução tecnológica e científica aque assistimos cujos ícones são os computadores e satélites e cujo poder hegemônico é a burguesia, não passa de continuação daquela descrita no Manifesto, que "criou maravilhas maiores que as pirâmides do Egito, que os aquedutos romanos e as catedrais góticas; conduziu expedições maiores que as antigas migrações de povos e cruzadas".
___________________
1. Marx, Karl e Engels, Friedrich.Manifest der Kommunistischen Partei. In: Marx-Engels Werke, Berlin, Dietz Verlag, 1959, v. 4, p. 573-574

Grespan em seu texto parte para explicação do proletariado como sendo o “produto” que gera “capital”. Basicamente o trabalhador cria propriedade para outra pessoa, sendo então excluído, e, também, como sabemos o proletário não tem os meios de produção, sendo então excluído totalmente do...
tracking img