Makemetheking

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 11 (2544 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 7 de novembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Índice
INTRODUÇÃO 4
Ergonomia 5
. O que é a Ergonomia? 5
. Ergonomias Conceitos Gerais 5
. Evolução Histórica de Ergonomia 6
Correcto posicionamento no posto de trabalho 9
. Ergonomia em Escritórios 9
. Definição de postura e força (de pé e sentado) 11
Adaptação do mobiliário 14
. Adaptação 14
. Certo mas o que é uma cadeira de escritório ergonómica? 15
. 10 Dicas para uma boailuminação do local de trabalho 16
. Tabela de iluminação: para um bom Ambiente de trabalho 17

INTRODUÇÃO

Os novos modos de produção, condicionados por sucessivas mutações (demográficas, económicas, tecnológicas, de organização social) vieram tornar cada vez mais interdependentes:
· as condições de execução do trabalho. e a condição do trabalhador.
Até aos anos 70, era um trabalho penoso, trabalho nocivo, a partir da década de 70 alteração das exigências do trabalho, onde houve
-evolução técnica;
-evolução da organização do trabalho;
-evolução do pessoal,

Pela maior eficiência das máquinas, pela miniaturização de certos produtos; por uma informatizaçãocada vez mais difundida; por uma automatização.
Carácter parcelar destas e á frequente sujeição a ritmos de funcionamento técnico.
No que respeita à evolução do pessoal, pode dizer-se que foi essencialmente marcada:
-pelo prolongamento da escolaridade;
-pelo formação técnica e profissional;
- diferentes expectativas em relação ao trabalho;
-inadequação dos modelos de gestão tradicionais.
Odesenvolvimento provocou alteração na paisagem laboral, imposição da mecanização, novos agentes agressores à abolição do trabalho físico, implementação de um trabalho estático ritmo de trabalho intenso, e requerendo elevado grau de precisão, Problemas de ordem vária vida profissional e social sistema produtivo. Operadores estado de saúde, sistema produtivo pelo aumento do absentismo; e pelo aumentodo número de acidentes; pela necessidade de recolocação profissional; e consequentemente, Pela diminuição da produtividade, do ponto de vista qualitativo e quantitativo

Ergonomia
. O que é a Ergonomia?

Desde os tempos do homem das cavernas, a Ergonomia já existia e era aplicada.
Quando descobriu-se que uma pedra poderia ser afiada até ficar pontiagudae transformar-se numa lança ou num machado, ali estava se aplicando a Ergonomia. Quando posicionavam-se galho ou troncos de árvores sob rochas ou outros obstáculos, como alavancas, ali estava a Ergonomia.
A Ergonomia, pois, é a ciência a aplicada a facilitar o trabalho executado pelo homem, sendo que interpreta-se aqui a palavra “ Trabalho” como algo muito abrangente, em todos os ramos e áreas deactuação.
É portanto uma ciência que pesquisa, estuda, desenvolve e aplica regras e normas a fim de organizar o trabalho, tornando este último compatível com as características físicas e psíquicas do homem.
Para que isso seja possível, uma infinidade de outras ciências são usadas pela Ergonomia, para que o profissional que desenvolva projectos Ergonómicos obtenha os conhecimentosnecessários e suficientes e resolva uma série de problemas identificados num ambiente de trabalho, ou no modo como o trabalho é organizado e executado.

. Ergonomias Conceitos Gerais

O termo Ergonomia, deriva do grego, “ Ergon” que significa trabalho e “ Nomos” que significa leis, normas e regras, atribuindo-se a sua denominação Murrel, um engenheiro Inglês, no ano de 1949.
De facto, a Ergonomiaprocura optimizar as condições de trabalho, segundo critérios de eficiência, conforto e segurança.


. Evolução Histórica de Ergonomia

Em nossa evolução, tivemos milhares de anos para nos desenvolvermos e, gradativamente, nos adaptarmos às mudanças necessárias à nossa sobrevivência. Mas neste último século, as mudanças foram e continuam sendo muito rápidas, o que as vezes impedem a...
tracking img