Mais tarde

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 11 (2545 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 21 de outubro de 2014
Ler documento completo
Amostra do texto
Mais tarde carregarei um trabalho
foi criado a Associação dos Guarda-Livros da Corte, sendo reconhecido oficialmente no ano seguinte pelo Decreto Imperial nº 4.475, este fato foi importante, pois estava constituído o guarda-livros, como a primeira profissão liberal do Brasil. O guarda-livros, como era conhecido antigamente o profissional de Contabilidade, era um profissional ou empregadoincumbido de fazer os seguintes trabalhos da firma: elaborar contratos e distratos, controlar a entrada e saída de dinheiro, através de pagamentos e recebimentos, criar correspondências e fazer toda a escrituração mercantil. Exigia-se que estes profissionais tivessem domínio das línguas portuguesa e francesa, além de uma aperfeiçoada caligrafia.
foi criado a Associação dos Guarda-Livros da Corte,sendo reconhecido oficialmente no ano seguinte pelo Decreto Imperial nº 4.475, este fato foi importante, pois estava constituído o guarda-livros, como a primeira profissão liberal do Brasil. O guarda-livros, como era conhecido antigamente o profissional de Contabilidade, era um profissional ou empregado incumbido de fazer os seguintes trabalhos da firma: elaborar contratos e distratos, controlar aentrada e saída de dinheiro, através de pagamentos e recebimentos, criar correspondências e fazer toda a escrituração mercantil. Exigia-se que estes profissionais tivessem domínio das línguas portuguesa e francesa, além de uma aperfeiçoada caligrafia.
A Contabilidade no Brasil iniciou sua história a partir da época Colonial, traduzida pela evolução da sociedade e a necessidade de controlescontábeis. A partir de 1530 foram criadas as primeiras Alfândegas, gerando preocupações primitivas com o ensino comercial da área contábil, por este motivo que, no ano de 1549 foram criados armazéns alfandegários para o controle destes, e na mesma época em Portugal foi nomeado o primeiro Contador Geral do Brasil, o Sr. Gaspar Lamego.
Constata-se na história, que um órgão foi competido a fiscalizar eprocessar as despesas e receitas do Estado isto devido a da Carta Régia que no dia 16 de julho de 1679 foi criada como a Casa dos Contos, que ganha autonomia somente no reinado de João I.
Com chegada da Família Real ao Brasil em 1808, foi adequado um desenvolvimento socioeconômico mais eficaz e mais cultural na colônia. O desenvolvimento social que ocorria naquela época, junto com a ampliação daatividade colonial provocou aumento nos gastos, exigindo melhor controle das contas públicas e receitas do Estado, e com isto foi implantado o órgão denominado Erário Régio, inserindo o método das partidas dobradas, utilizado já em Portugal. Erário Régio era um órgão composto por um presidente designado a Inspecionar, um contador e um procurador fiscal, com a responsabilidade de toda arrecadação,distribuição e administração fiscal e financeira, para os órgãos públicos tornou-se obrigatório a escrituração contábil, e a primeira referência oficial à escrituração e relatórios contábeis no Brasil ocorreu no ano de 1808, elaborada pelo Príncipe Regente D. João VI.
Devido a diferentes ocorrências, passou-se a comercializar produtos de outros países; a criação do Banco do Brasil, dando origem aemissão do papel moeda, que fechou no ano seguinte devido ao déficit dos cofres públicos; a criação da Imprensa Régia, permitindo a atividade impressora, (somente o governo tinha permissão para imprimir), sendo publicado o primeiro jornal do Brasil.
O processo de escrituração das contas só poderia ser feita por profissionais que estudassem aulas de comércio, sendo essas aulas realizadas no Brasiloriginárias de Portugal e preparavam os empregados do comércio para o exame na Junta Comercial.
Em 1809, foi oficializado as Aulas de Comércio no Brasil, com nomeação do Sr. José Antônio Lisboa, o primeiro professor de Contabilidade no Brasil que ficou conhecido como O Visconde de Cairuque em sua homenagem foi criada em 1905 a Fundação Visconde de Cairu, com a finalidade de formar peritos...
tracking img