Mais decritivo

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 12 (2889 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 25 de abril de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
1. CRIAÇÃO DA REGIONAL

1.1 - NO PRINCÍPIO UMA IDÉIA-SEMENTE

Em 26/04/1968 na cidade de Anchieta o MEPES-Movimento de Educação Promocional do Espírito Santo - iniciou a sua trajetória. Semente pequena, lançada em solo preparado e à espera, (ver tentando dar bons frutos) ao longo dos anos. Seu grande ideal “A PROMOÇÃO DO HOMEM TODO E DE TODOS OS HOMENS’ - ainda que não alcançado em suaplenitude, é vivo como o comprovam os seguintes fatos:

Nesta época, marcada por profundas transformações, em que o homem se debruça na busca de resposta às exigências novas de formação e estruturas mais ágeis e dinâmicas, de criação, consolidação e expansão das comunidades eclesiais de base, das afirmação da dignidade humana, da adoção de alternativas face ao pluralismo gerado pelo crescimento dohomem e sua participação, da procura de um conveniente processo educativo, o MEPES se empenhou de forma lúcida e aberta para trazer positiva ajuda ao HOMEM RURAL, especialmente.

Rumo a um futuro novo, consciente de sua pequenez, mas, convencido de estar no caminho certo, pode-se afirmar, o MEPES é mais que uma Entidade jurídica.

Passado curto é o seu, mas, de denso significado, de intensasrealizações, de resistência pacífica, mas, corajosa e decidida às mais adversas condições sócio-políticas e econômicas que marcaram nossa vida nacional e estadual nas décadas passadas e atual.

Não foi fácil ao MEPES em sua caminhada, a fidelidade à sua OPÇÃO FUNDAMENTAL, colocada por seu fundador (Pe. Humberto Pietrogrande) quando na posse da 1ª Junta Diretora:

1.2 – A REALIDADE HUMANO-SOCIAL.“Criar e ser o homem novo para o mundo novo”
A - Se trata de construir o homem e o mundo novo significa que se detectava algo que não estava bem (ou está?) em nós e na sociedade. Foi assim que o então jovem advogado, sacerdote e religioso jesuíta Padre Humberto Pietrogrande, seus superiores hierárquicos e seus amigos do Brasil e da Itália, em atenta análisedetectaram a situação e percebera, a necessidade de uma ação eficaz, humanizante, evangelizadora, construtivamente cristã para o ambiente rural capixaba, por sua vez inserido no amplo contexto do país e do mundo com suas gritantes carências e sementes de esperança.

B – A pré-história do MEPES, seus anos de gestação e surgimento coincidem com a década que marcou a humanidade com transformações antesimpensáveis, das quais apresentamos a título de exemplo, alguns sintomas:
 Em Paris os jovens se revoltam, armando barricadas não para derrubar o poder mas para dele zombarem... (1968);
 Em todos os cantos do mundo a autoridade é desafiada: casa, escola, trabalho, ministérios, palácio... É tempo da “primavera de Praga”;
 No Brasil a polarização política entre as esquerdas e direitas acirramconflitos e consolidam o regime de exceção... É baixado o AI-5 a mais autoritária de todas as leis emanadas dos militares;
 Estudantes e policiais se degladiam no Rio, na famosa “passeata dos cem mil” pela morte de um jovem estudante;
 A população brasileira composta por 89 milhões de habitantes, com 34% de analfabetos e com 56% residente nas áreas urbanas e 44% no campo, entrava na fortíssimacorrente do êxodo rural;
 Na Igreja o Vaticano II terminara e iniciava-se a nova caminhada eclesial com o convite de formamos a Igreja “Luz dos Povos”, conforme sua Missão, voltada a ser “Alegria e Esperança” para mundo carente e em busca de salvação. Um reflorescimento promissor e anunciava.

C- À busca de resposta satisfatória para estes problemas, sobretudo ao nível da reflexão teórica, sedebruçaram sociólogos, teólogos, psicólogos, economista, agentes pastorais e de outras categorias profissionais interessadas em ajudar o HOMEM a sair de sua condição sub humana a que o reduziu o uso indevido de um sistema econômico-social-político. O gigantismo das dificuldades exigia sobretudo, união e forças...

No Estado do Espírito Santo, na área então possível de ser atingida por uma...
tracking img