MAIAS

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 2 (311 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 20 de abril de 2015
Ler documento completo
Amostra do texto
O jantar em casa dos Gouvarinho teve como objectivos reunir as classes mais altas da burguesia e aristocracia, os dirigentes do País e ilustrar a ignorância dos dirigentes do País.As personagens intervenientes neste jantar são Sousa Neto, Condessa e Conde de Gouvarinho e João da Ega.
Sousa Neto é representante da Administração Pública, revelando-se ignorante esubserviente e ouvindo a opinião de qualquer um por mais ridícula que seja. É um exemplo da burocracia, revelando-se incompetente e intelectualmente enfraquecido.
A Condessa é umapessoa fútil que só quer alguém pelo seu valor monetário ou social, presa a um casamento fracassado. Esta procura o amor de Carlos da Maia, fingindo que é uma consulta para o seu filho,marcando, assim, um encontro amoroso com ele.
O Conde de Gouvarinho representa a classe política mostrando-se inapto nas suas funções, casou com a sua mulher por ser filha de umcomerciante rico do Porto, juntando o título de ministro e par do reino à sua fortuna.
João da Ega introduz-se nas conversas do Conde de Gouvarinho e Sousa Neto sempre com muita ironiapara ilustrar a ignorância e incapacidade destas duas personagens.
Durante o jantar, o Conde, Sousa Neto e Ega discutem qual o lugar da mulher na sociedade e a sua educação. Ega diz quea mulher tem dois deveres: o primeiro de ser bela e em segundo o de ser estúpida. O Conde apoia esta afirmação, acrescentando que o lugar da mulher era a cuidar das crianças e não nasbibliotecas, mas contradiz-se ao dizer que era agradável uma senhora poder falar de literatura ou acontecimentos sociais. Neto concorda dizendo “…Uma senhora, sobretudo quando aindaé nova, deve ter algumas prendas.” Mas Ega discorda fervorosamente dizendo que uma mulher culta é uma aberração e apenas necessita de duas e só duas prendas: cozinhar e amar bem.
tracking img