Madeira no espirito santo

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 5 (1219 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 2 de fevereiro de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
O Pau-Brasil no Espírito Santo


Alguns autores ao analisarem a historia econômica do Brasil, a descreverão como sendo composta de ciclos de certa forma sucessivos, como bem apontava Afonso Arinos de Melo Franco, que foi professor História da civilização brasileira na Universidade do Distrito Federal, em uma série de conferências pronunciadas em Montevidéu em 1938, apontará que cada umdesses ciclos possui um núcleo principal, uma determinada produção, que indiscutivelmente supera as outras atividades e monopoliza maiores atenções*.

Esses núcleos de produção econômica principal é que caracterizam os ciclos sucessivos de nossa História, e que dão configuração a essas etapas. Em ordem cronológica, do século XVI ao século XX, pode-se dividir a História econômica brasileirada seguinte forma: ciclo do Pau-Brasil; ciclo do açúcar; ciclo do ouro e por ultimo, o ciclo do café. Estes seriam os principais produtos da economia brasileira.

Bernardino José de Souza propõe uma divisão da História do pau-brasil em duas etapas, sendo a primeira, a do pau-brasil ao tempo da colônia e a do pau-brasil ao tempo do Império. Pero de Magalhães Gandavo na sua História daprovíncia da Santa Cruz, publicada em 1576, assim dizia: “Também há muito pau-brasil nestas Capitanias de que os mesmos moradores alcançam grande proveito: o qual pau mostra claro ser produzido da quentura do sol, e criado com a influência de seus raios, porque não se acha senão debaixo da tórrida Zona, e assim quanto mais perto está a linha Equinocial, tanto é mais fino e de melhor tinta; e esta é a causaporque o não há na Capitania de são Vicente nem daí para o sul”.

-----------------------------------------------------
* IN SOUZA, Bernardini José. “O Pau-Brasil na História Nacional”. Brasiliana 2ª Ed. 1978.

Ainda na obra de Bernardino José de Souza, há uma descrição dos tipos de Pau-Brasil feita por Aires de Casal, o primeiro corógrafo do Brasil e de JoãoPaulo de Araújo, cuja “memória” foi impressa nas publicações do Arquivo Nacional. Ele vai enumerar três espécies de pau-brasil, a saber: Brasil-mirim, que seria o melhor; Brasil-açu, ou rosado; e brasileto. O pau-brasil era espécie de distribuição geográfica restrita às matas litorâneas do Brasil, que ia do Rio de Janeiro ao Rio Grande do Norte e ampliava-se pelo interior até o sertão.

Opau-brasil foi levado para Lisboa pela primeira expedição exploradora da costa de Santa Cruz. Depois de voltar esta primeira armada que o rei, desencantado da nova possessão, arrendou-a a um consorcio de cristãos-novos. Ainda assim o pau-brasil constituiu a primeira atração mercantil da colônia que surgira numa clara manhã de abril de 1500. Foram os seus lucros prováveis que levaram os capitalistasao aceite do primeiro contrato que se fez para o Brasil.

A frente destes cristãos novos estava Fernão de Noronha ou Noronha, e este era cavalheiro da casa real em Lisboa, homem de boas contas nos cargos que já havia desempenhado. E a este D. Manoel e a Álvaro Pimentel, o rei entrega a incumbência de explorar os possíveis frutos que desta terra pudessem ser extraídos. Segundo Capistrano deAbreu, após esse pequeno período em que o pau-brasil era arrendado a particulares, pensou-se em dar liberdade aos que quisessem tentar fortuna no Brasil, pagando apenas um quinto dos gêneros levados.

O que se sabe, ao certo, é que o pau-brasil de Santa Cruz começou a aparecer no rol das mercadorias permutadas, ao tempo de D. Manoel, com as cidades de Flandres e Brabante. Tratando do valormercantil do pau-brasil, Bernardino Souza afirma que segundo carta de certo, Antonio Baião, datada de 1516 e escrita por Rui Fernandes, consta que, nesta data já havia cotação desta madeira em Flandres. De certa isso explicaria o fato de a coroa confiar à exploração dos particulares as magras riquezas de Santa Cruz, aplicando no comercio com a Índia a quase totalidade dos recursos do Estado....
tracking img