Lutando contra o preconceito

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 5 (1202 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 23 de março de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
CULTURA E EDUCAÇÃO LUTANDO CONTRA O PRECONCEITO

No dia 22 de julho de 2011 76 pessoas foram mortas m dois ataques ocorridos em Oslo capital da Noruega, este duplo atentado foi cometido por Anders Behring Breivik um norueguês de 32 anos que se identificava como nacionalista e fundamentalista cristã o mesmo foi preso pela policia sem se quer oferecer resistência. Breivik alega que cometeumassacre em protesto às políticas de multiculturalismo que defendem a nação de mulçumanos da Noruega, onde tem sido o principal fator do aumento populacional dos últimos anos.
O alvo desta tragédia seria atingir realmente os integrantes do partido trabalhista que se encontravam no poder por ter uma política liberal e ser favorável ao sistema na Europa, para o terrorista a imigração só prejudicariao país, pois um país que possui muitas culturas competindo entre si não consegue ter um bom desenvolvimento, a corrupção com certeza faria parte deste cenário e a mistura cultural só serviria para deixar o país derrotado.
Para Breivik, Noruega deveria continuar sendo um país próspero e estável com povos etnicamente homogêneos e sábios, políticas conservadoras e nacionalistas visandoestabilidades financeiras para continuar assegurando ao país um patamar tão esperado como o de 2010, onde a Noruega foi considerada o primeiro lugar no ranking mundial no índice de desenvolvimento humano, com saúde e educação gratuita para todos e de ótima qualidade.
[...] Menos de uma semana após os ataques da Noruega – que deixaram ao menos 76 mortos – começaram a aparecer evidencias de mudanças nodebate sobre o islã e a direita radical em um continente traumatizado, segundo o “New York Times” [...].<http://www1.folha.uol.com.br/mundo/950677-ataques-na-noruega-mudam-debate-imigratorio-na-europa.shtml>;. Acesso em: 29 ago. 2011.

[...] Tragédias como a da Noruega são capazes de mudar a opinião pública, pois ações violentas de um terrorista ou de um homicida dificilmente podem seratribuídas a partidos políticos não violentos [...]. <http://www1.folha.uol.com.br/mundo/950677-ataques-na-noruega-mudam-debate-imigratorio-na-europa.shtml>;. Acesso em: 29 ago. 2011.

Após o triste acontecimento muitas idéias surgiram, algumas pessoas eram favoráveis aos ataques, outros contra evidentemente muitas mudanças vão ocorrer pelo fato de Breivik ter sido membro do Partido doProgresso provocou uma discussão intransigentes dos partidos com relação à imigração ter ajudado a criar condições que o radicalismo de extrema direita pudesse acontecer até mesmo especialista em terrorismo estão se reunindo para tratar do assunto com mais atenção procurando buscar soluções para evitar esses acontecimentos buscando radicalizar a xenofobia e o extremismo da Europa.
Ao analisar oscontextos dos fatos percebo que Breivik foi um homem que sempre lutou por seu país e queria o melhor por sua pátria querida por isso sempre enfrentou muitos preconceitos, até mesmo por ter sido criado sozinho, saindo muito jovem da casa de seus pais, não pode ter uma base familiar e por isso tem guardado em seu coração toda essa magoa apesar de ter sido um homem rico perdeu tudo que possuía culpandoas políticas liberais por todo seu fracasso e ao realizar esse massacre pensava estar defendendo a islaminização na Europa e os avanços do marxismo e o multiculturalismo e ao mesmo tempo era um protesto contra todos os preconceitos que havia sofrido, estando guardado dentro de seu próprio eu, pena que por isso colocou a vida de tantos inocentes em jogo.
Breivik preferiu destruir sua vida do queviver no meio de uma sociedade multicultural m perceber que “ninguém é sujeito na solidão e no isolamento, sempre se e sujeito entre outros sujeitos”. Assis 2009 pág. 108.
Cada um de nós produzirá uma forma de pensar e viver correspondente ao lugar e as pessoas que convivemos percebendo que só é possível conhecer no contato com os outros humanos, trata-se de um processo sócio-cultural e esse...
tracking img