Lula

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 5 (1148 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 14 de abril de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
lula
Há uma semana, o ministro da Educação, Aloizio Mercadante, se reuniu com a presidente Dilma Rousseff e o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva em São Paulo. O assunto nada tinha a ver com o sistema educacional do país: o trio discutia a possibilidade de candidatura do ministro ao governo de São Paulo. Seria a terceira vez. Mercadante já perdeu as duas primeiras para tucanos: em 2006 paraJosé Serra e, em 2010, para Geraldo Alckmin. Agora, entretanto, ele volta a aparecer como um nome dentro do PT justamente pela falta de quadros - a rejeição a Marta Suplicy, por exemplo, não encoraja quase ninguém no partido.

O projeto de Mercadante esbarra hoje na resistência do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, que sonha em repetir o feito das eleições de Dilma Rousseff e FernandoHaddad, apostas que entraram nas disputas sem nunca ter recebido um voto e saíram vitoriosos. Nesse cenário, o favorito de Lula atualmente é o ministro da Saúde, Alexandre Padilha. 

Discretamente, entretanto, Mercadante já começou a se mobilizar em busca de apoio para a empreitada. Na semana passada, ele falou para integrantes do grupo Lide, que reúne parte da elite empresarial do país. Na semanaanterior, discursou no Congresso Paulista de Municípios. O principal trunfo do petista é a confiança da presidente Dilma Rousseff, o que ajuda a explicar sua ascensão após ter a imagem tão desgastada pelo jamais explicado escândalo do dossiê dos aloprados. Mercadante costuma aconselhar a chefe em questões importantes, ainda que, segundo integrantes do governo, seja especialista em dizer somenteaquilo que Dilma quer ouvir. Ele também acompanha Dilma em quase todas as viagens - inclusive na cerimônia de posse do Papa Francisco. 
A agenda de Mercadante, aliás, não revela muitos compromissos ligados à educação. São mais frequentes as cerimônias públicas - e os despachos internos, especialmente às sextas-feiras. Na semana passada, por exemplo, a rotina resumiu-se a um almoço com empresários(segunda-feira), uma audiência pública na Câmara e a uma reunião do Fórum Nacional de Educação (quarta). Já a terça-feira, a quinta e a sexta foram dedicadas a "despachos internos". Na mesma semana, um ranking elaborado pelo Fórum Econômico Mundial colocou o Brasil em 116º lugar entre 144 países. Em ciências e matemática, nossos alunos sabem menos do que os etíopes.
Mercadante parece não seincomodar: com estilo bonachão, costuma emplacar sequências de piadas em seus discursos. Depois de um deles, quando empossou novos secretários-executivos do ministério, Mercadante falou ao site de VEJA sobre 2014: "O PT vai definir essa situação em São Paulo até o fim do semestre", disse o petista. E, como se não fosse ele o primeiro a misturar as atividades de ministro com as de pré-candidatura aogoverno, o petista disse que sua prioridade é a educação: "O MEC não pode estar envolvido nesse tipo de discussão. Temos que preservar as relações republicanas com os entes federados. O que eu vou fazer agora é trabalhar como ministro da Educação", disse.

Entraves - O site do ministério informa que Mercadante concluiu seu doutorado em economia em 2006; mas a defesa da tese do petista - um elogiodesmedido do governo Lula - só foi feita quatro anos depois. Pequenas mentiras no currículo já derrubaram autoridades em países mais sérios. Por aqui, não fazem grande estrago. E esse não é o maior problema de Mercadante: em 2011, VEJA mostrou como ele participou da compra do chamado dossiê dos aloprados, cinco anos antes. Era uma tentativa de atingir o então candidato tucano ao governo de São Paulo,José Serra. A Polícia Federal apreendeu cerca de 1,7 milhão de reais em poder de um grupo de petistas - inclusive Hamilton Lacerda, coordenador de campanha de Mercadante à época. Apesar de a Justiça ter livrado o ministro de punições, ainda restam lacunas que podem voltar à tona durante a campanha, como a pergunta que até hoje não foi respondida: qual a origem do dinheiro usado na compra do...
tracking img