Luis fernando verissimo

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 9 (2012 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 31 de março de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
Um dos testes mais difíceis para a criatividade de qualquer escritor é o exercício profissional da crônica jornalística. Como conseguir ser, diária e simultaneamente, comunicativo, original, leve, arguto...? Pois foi exatamente nesse domínio que Luís Fernando Veríssimo se consagrou, para, só bem posteriormente, ter-se aventurado como romancista. Com excelente domínio técnico da arte de escrever eum extraordinário senso de humor que se singulariza pela sutileza, ele faz questão de desmistificar sua relação com a literatura dizendo que, para ele, escrever "não é nem uma compulsão nem um alívio", mas uma tarefa profissional visando puramente ao entretenimento de qualidade. Talvez por isso seus dois romances tenham sido escritos por encomendas editoriais, e não por projetos unicamentepessoais. Criador e desenhista das tiras ‘As Cobras’ e ‘Família Brasil’, além de personagens como o analista de Bagé e a velhinha de Taubaté, entre outras, Veríssimo, autor também de romance policial, é um dos maiores retratistas da classe média e da política brasileira. Nasceu em 1936. obras
O Popular (1973)
As Cobras (1975)
Ed Mort e outras Histórias (1979)
Sexo na Cabeça (1980)
O Analista deBagé (1981)
A Velhinha de Taubaté (1983)
O Jardim do Diabo (1987)
Comédias da Vida Privada (1994)
Comédias da Vida Pública (1996)
Histórias de Humor (1998)
O Clube dos Anjos (1999)
As Mentiras que os Homens Contam (2000)
Borges e os Orangotangos Eternos (2000)

Luis Fernando Verissimo (Porto Alegre, 26 de setembro de 1936) é um escritor brasileiro. Mais conhecido por suas crônicas e textosde humor, mais precisamente de sátiras de costumes, publicados diariamente em vários jornais brasileiros, Verissimo é também cartunista e tradutor, além de roteirista de televisão, autor de teatro e romancista bissexto. Já foi publicitário e copy desk de jornal. É ainda músico, tendo tocado saxofone em alguns conjuntos. Com mais de 60 títulos publicados, é um dos mais populares escritoresbrasileiros contemporâneos. É filho do também escritor Erico Verissimo.
Formação
Nascido e criado em Porto Alegre, Luis Fernando viveu parte de sua infância e adolescência nos Estados Unidos, com a família, em função de compromissos profissionais assumidos por seu pai - professor na Universidade de Berkeley (1943-1945) e diretor cultural da União Pan-americana em Washington (1953-1956). Comoconsequência disso, cursou parte do primário em San Francisco e Los Angeles, e concluiu o secundário na Roosevelt High School, de Washington.
Aos 14 anos produziu, com a irmã Clarissa e um primo, um jornal periódico com notícias da família, que era pendurado no banheiro de casa e se chamava "O Patentino" (patente é como é conhecida a privada no Rio Grande do Sul).
No período em que viveu em Washington,Verissimo desenvolveu sua paixão pelo jazz, tendo começado a estudar saxofone e, em frequentes viagens a Nova York, assistido a espetáculos dos maiores músicos da época, inclusive Charlie Parker e Dizzy Gillespie.
Livros publicados
Crônicas e contos (inéditos)
* O Popular (1973, ed. José Olympio)
* A Grande Mulher Nua (1975, ed. José Olympio)
* Amor Brasileiro (1977, ed. José Olympio)* O Rei do Rock (1978, ed. Globo)
* Ed Mort e Outras Histórias (1979, ed. L&PM)
* Sexo na Cabeça (1980, ed. L&PM)
* O Analista de Bagé (1981, ed. L&PM)
* A Mesa Voadora (1982, ed. Globo)
* Outras do Analista de Bagé (1982, ed. L&PM)
* A Velhinha de Taubaté (1983, ed. L&PM)
* A Mulher do Silva (1984, ed. L&PM)
* A Mãe de Freud (1985, ed.L&PM)
* O Marido do Doutor Pompeu (1987, ed. L&PM)
* Zoeira (1987, ed. L&PM)
* Noites do Bogart (1988)
* Orgias (1989, ed. L± relançado em 2005 pela Objetiva)
* Pai Não Entende Nada (1990, ed. L&PM)
* Peças Íntimas (1990, ed. L&PM)
* O Santinho (1991, ed. L&PM)
* O Suicida e o Computador (1992, ed. L&PM)
* Comédias da Vida...
tracking img