Lucro presumido

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 11 (2583 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 5 de setembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Data de aprovação, 11 de Setembro 2012.

________________________________
Dannielly Araújo Rosado Resende

































DEDICATÓRIA
Este trabalho é dedicado as pessoas que sempre estiveram ao nosso lado pelos caminhos da vida, nos acompanhando,apoiando e principalmente acreditando em nós.

LISTA DE SIGLAS

IRPJ. Imposto de Renda Pessoa Jurídica
CNT. Código Tributário Nacional
ART. Artigo
CSLL. Contribuição Social Sobre o Lucro Líquido
IPI. Imposto sobre Produtos Industrializados
COFINS. Contribuição para Financiamento da Seguridade Social
PIS.Programa de Integração Social



















SUMÁRIO


INTRODUÇÃO 07
1.Assunto 08
3 Conceito 09
4 O Que É Lucro Presumido 10
5 Escrituração 11
5.1 Como E Quando A Pessoa Jurídica Deverá Apurar O Lucro Presumido? 11
5.2 Quais As Vantagens E Desvantagens Do Lucro Presumido? 11
6. Base De Calculo 14
6.1 Alíquota Da Contribuição Social 15
7. Resumo Sobre:Simples Nacional, Lucro Real E Lucro Presumido 15
7.1 Receita Bruta Anual 17
7.2 Principais Vantagens 17
7.3 Principais Desvantagens 18
CONSIDERACÕES FINAIS 19
REFERÊNCIAS 20








INTRODUÇÃO

O tema ser apresentado neste trabalho é sobre Empresas Optantes pelo Lucro Presumido, assim buscamos esclarecer e salientar a importância da atenção que deve ser dirigida ao assunto antesde optar por esse tipo de tributação. O objetivo desse artigo então é, possibilitar o esclarecimento sob o ponto de vista contábil, da direção mais correta a se adotar para obter uma carga tributária menor, portanto essa decisão deve ser tomada a partir de um estudo analítico que condiz com o planejamento, orçamento e a missão da empresa.
Num primeiro momento, apresentaremos o Conceito, umabreve explanação, Períodos de Apuração, Leis e Percentuais.
Após, concluímos o trabalho formando algumas considerações finais sobre o assunto abordado.
















1. ASSUNTO

Nos últimos anos a tributação com base no lucro presumido vem ganhando importância considerável na massa de contribuintes do imposto sobre a renda das pessoas jurídicas - IRPJ.
Nesseregime de tributação a base de cálculo do imposto é o montante presumido da renda ou dos proventos tributáveis (C.T.N. art. 44); e esse montante tributável não deriva, exclusivamente, daquelas receitas de imediata realização em moeda como as receitas das vendas e outras receitas cujo ingresso em espécie é efetivo.
Não é demais lembrar, também, que a base de cálculo da incidência tributáriadepende da quantificação do montante e do respectivo período de apuração. Há de se conhecer exatamente o quanto se ganhou e quando se ganhou; questões que muitas vezes exigem rigor técnico na determinação.
Nesse trabalho pretendemos trazer ao assinante situações, negócios e contratos que influem na base de cálculo do lucro presumido, além da receita bruta auferida nas atividadesvinculadas ao objeto social.
















2. CONCEITO

O Lucro Presumido é uma forma de tributação simplificada para determinação da base de cálculo do imposto de renda e da Contribuição Social sobre o Lucro Líquido - CSLL das pessoas jurídicas.
A sistemática é utilizada para presumir o lucro da pessoa jurídica a partir de sua receita bruta e outras receitas sujeitas àtributação.
Em termos gerais, trata-se de um lucro fixado a partir de percentuais padrões aplicados sobre a Receita Operacional Bruta - ROB. Sobre o referido resultado somam-se as outras receitas auxiliares (receitas financeiras, alugueis esporádicos, entre outras). Assim, por não se tratar do lucro contábil efetivo, mas uma mera aproximação fiscal denomina-se de Lucro Presumido....
tracking img