Luciano ferreira

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 8 (1986 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 20 de julho de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
INTRODUÇÃO

O Tema do nosso trabalho chama varicela, neste trabalho vamos conhecer como o ser humano é afectado por varicela, e também conhermos como se transmite e quais são os cuidados que devemos ter para não apanharmos varicela e sabemos que o ser humano é o único hospedeiro natural do vírus varicela-zóster.

DESENVOLVIMENTO
Definição
A varicela (“catapora”)é uma doença infecciosa aguda, altamente transmissível, causada pelo vírus varicela-zóster. A doença é mais comum em crianças entre um e dez anos, porém pode ocorrer em pessoas susceptíveis (não imunes) de qualquer idade. Na maioria das vezes, principalmente em crianças, a doença evolui sem conseqüências mais sérias.
Contudo, a varicela pode ter evolução grave e até causar o óbito, sendoconsideravelmente maior o risco quando ocorre em adultos e pessoas com imunodeficiência. A taxa de letalidade, que em crianças saudáveis é de 2 para cada 100.000 casos, é de 15 a 40 vezes maior em adultos. A infecção confere imunidade permanente, embora o sistema imunológico não seja capaz de eliminar o vírus.
Transmissão
A infecção, em geral, ocorre  através da mucosa do trato respiratóriosuperior (porta de entrada). A transmissão do vírus ocorre, principalmente, pela secreção respiratória (gotículas de saliva, espirro, tosse) de um indivíduo infectado ou pelo contato direto com o líquido das vesículas. Mais raramente, a transmissão se dá forma indireta, pelo contato com objetos recém-contaminados com secreção das vesículas. É possível ainda a transmissão da varicela durante a gestação,através da placenta.
O período de maior risco de transmissão começa 48 horas antes do aparecimento das vesículas e vai até a formação de crostas em todas as lesões. Em crianças previamente saudáveis este período é de geralmente 6 a 8 dias (4 a 6 dias após o surgimento das lesões na pele), porém pode ser mais prolongado (até meses) em indivíduos com imunodeficiência, perdurando portodo o período de surgimento de novas lesões (vesículas).
A varicela é uma doença altamente transmissível. Cerca de  90 % dos contactantes domiciliares susceptíveis de um pessoa com varicela podem adquirir a doença. O risco é elevado em situações de contato próximo (como o namoro) e de permanência em um mesmo ambiente (fechado) por mais de 1 hora, como comumente ocorre em creches e salasde aulae, eventualmente, em enfermarias e salas de espera de consultórios.
O período de incubação da varicela varia de 10 a 21 dias (comumente entre 14 e 16). Após a infecção, a maioria das pessoas apresenta manifestações clínicas. Algumas vezes, no entanto, as manifestações são muito discretas e a infecção pode passar desapercebida. Os indivíduos infectados, mesmo aqueles queapresentaram doença leve, desenvolvem proteção (imunidade) permanente. O sistema imunológico controla a replicação viral e, na maioria das vezes, o indivíduo evolui para a cura da doença, mesmo sem tratamento específico. Contudo, os mecanismos de defesa  não são suficientes para eliminar completamente o vírus, e o agente infeccioso permanece

latente no organismo por toda a vida e pode ser transmitidodurante os episódios de reativação (herpes zóster).

Riscos
O risco de transmissão de varicela existe em qualquer lugar do mundo, especialmente nas áreas urbanas com grandes aglomerados populacionais. É uma doença altamente transmissível, comum em crianças. A varicela pode ocorrer durante o ano todo, porém observa-se um aumento do número de casos no período que se estende do fim doinverno até a primavera (agosto a novembro), sendo comum, neste período, a ocorrência de surtos em creches e escolas.
A maioria da população de adultos em áreas urbanas é imune (geralmente mais de 90% nos grandes centros), uma vez que teve a doença na infância. A ocorrência de varicela, no entanto, tende a ser menor em áreas rurais, resultando numa maior proporção de adultos que não...
tracking img