Lord byron

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 6 (1372 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 19 de maio de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
George Gordon Byron
George Gordon Byron,6º Barão Byron nasceu em Londres, 22 de janeiro de 1788, e morreu em Missolonghi, 19 de abril de 1824.Célebre poeta britânico, considerado um dos mais influentes do romantismo.
Filha do casamento entre John Byron e Catherine de Gight, nasce George Gordon Byron, que cresceu graças ao sacrifício custoso da sofrida mãe. Sozinha, Catherine se desdobrou paracriar o pequeno Byron. Procurou sempre as melhores referências para que Byron fosse alguém melhor que seu pai,qual se suicidou após arruinar sua família. Porém, não era apenas de virtudes que se esbaldava Catherine: Constantemente, era abordada por um sentimento de ira e infelicidade, os quais descontava em seu filho, batendo-lhe. Além da mãe, o pequeno Byron contava com a ira incógnita de suagovernanta, cujo nome era May Gray. Além dessas pressões psicológicas o garoto sofria de um defeito em uma das pernas a Coxa, Que se sentia envergonhado por ambos os fatos. Mesmos assim o garoto possuía características peculiares que o destacavam. Apaixonou-se por literatura ao primeiro contato - ainda bem novo - com a história de Caim e Abel contada por um professor de História de sua escola. E foiconquistando amigos no colégio de maneira bastante surpreendente.Byron conquistou, também, o diretor de seu colégio, o Doutor Joseph Drury, que - de tanta afeição - ofereceu-se para ensinar latim e grego a Byron, o qual foi um grande condutor do menino Byron.
Devido a mãe, Byron deixou a cidade e partiu para Londres,onde se tornou poeta. Junto a sua amiga de Southwell - cujo nome era Elizabeth -publicou o seu primeiro livro: Horas Ociosas. Byron havia dedicado grande parte de seu tempo para concretizar o projeto.Com a ajuda da moça,passaram a publicar o livro, até conseguirem sucesso para o vende-los em livrarias melhores. Entretanto recebeu uma publicação nos jornais: “A poesia desse jovem Lord pertence àquela cuja existência nem Deus e nem os homens admitem. Para diminuir seu crime, onobre autor apresenta, sobretudo o argumento de sua menoridade. Provavelmente pretende dizer: vejam como um menor pode escrever! Este poema foi feito por um rapaz de 18 anos... e este por um de 16!...”, e por aí prossegue, com um tom igualmente cruel. Byron ficou arrasado! Pensou em replicar, mas decidiu calar-se - por enquanto. Relevou o fato de que todos os escritores passam por isso em suasrespectivas carreiras e prosseguiu com a mesma empolgação.
Lord Byron decidiu partir para uma viagem incógnita, na qual ele pretendia descobrir as belezas dos países vizinhos a Inglaterra. Visitou vários países e despencou seu gosto à beleza contrastante entre as obras góticas e as produzidas pela guerra. Byron achava lindas as paisagens de uma cidade destruída pelos corpos moribundos jogados peloscantos. Obteve diversas experiências e voltou renovado para Inglaterra. Foi, então, convocada sua presença na Câmara dos Lordes para tomar posse de seu cargo. Byron agiu completamente contra as tradições que assolavam a Câmara: primeiro, foi acompanhado apenas de um amigo, enquanto a presença da família nunca deixou de existir como princípio aos Lordes. Depois, agiu como um indiferente ao receberos cumprimentos do “presidente da Câmara”. Seu amigo espantou-se ao presenciar tamanha arrogância: Byron ofereceu ao “presidente” apenas as pontas dos dedos como forma de, segundo ele, “não iludi-lo em relação ao seu possível apoio, pois não o daria a ninguém deste lugar”.
O tempo se passou e o poeta resolveu lançar seu mais novo trabalho: Childe Harold. O livro contava suas aventuras durante aviagem pela Europa e foi concebido pela sociedade como um novo fenômeno literário.Que causa um estouro,tornando o famoso. Byron era aclamado em todos os cantos da grande Inglaterra. Intelectuais, políticos, artistas e - principalmente - mulheres, proclamavam seu nome em todas as discussões imagináveis devido a sua literatura excêntrica e real.
Como não poderia deixar de ser, Byron enfeitiçou a...
tracking img