Lopes de sa

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 46 (11396 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 27 de novembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
ANTÔNIO LOPES DE SÁ nasceu em Belo Horizonte, no dia 9 de abril de 1927, e faleceu em 07 de junho de 2010. Filho de família pobre que residia em bairro de periferia, Lopes de Sá ficou órfão de pai aos três anos de idade. Sua mãe, Professora Maria José Taranto Lopes (1907 – 2004), de origem italiana, era professora de artes. Aos seis anos de idade já lia correntemente, fazia as operaçõesaritméticas básicas e guardava de memória, todas as capitais, montanhas e rios de todos os países do mundo. Estudou no Grupo Escolar Olegário Maciel (1933 – 1936), diplomando-se com nota máxima e cursou o ensino médio no Ginásio Mineiro (1938 – 1941), hoje, Colégio Estadual de Minas Gerais. Ainda nos primeiros anos escolares, com tenra idade, já trabalhava nas oficinas de funilaria de seu tio LourençoTaranto, como operário, onde, também ajudava seu avô materno Giuseppe Taranto, um modesto, mas, qualificado artesão. ___________________ Em 1940, passou a ser auxiliar de escritório da oficina onde entrou como operário, e logo após, em uma fábrica de calçados, ao mesmo tempo em que estudava. Freqüentava regularmente as bibliotecas públicas, e estudava em livros emprestados de parentes e amigos. Iniciouum curso de Engenharia Química Industrial, mas não o concluiu, devido à escassez de recursos financeiros. Trabalhou em importantes empresas como a Mesbla e a multinacional Standard Oil Company (Esso). ___________________ Em 1945, graças a sua vocação para as ciências empresariais venceu dois concursos na empresa Standard, onde trabalhava, sugerindo modificações na organização. Com este prêmio,Lopes de Sá conseguiu bolsa para pagar seus últimos anos do curso que fazia (o concurso interno da empresa denominava-se “Capitalize a sua idéia”). Lopes de Sá ingressou no curso de Contabilidade na Faculdade Brasileira de Comércio, em Belo Horizonte no ano de 1943. Iniciou sua carreira no magistério mesmo antes de se formar. A indicação para o magistério foi do Prof. Silvio De Marco, em 1945, entãoDiretor da Faculdade. Tal indicação foi devida à base sólida de cultura geral que este reconhecia no Mestre. A primeira cadeira que lecionou foi a de Geografia Astronômica, mas, no ano seguinte, já assumia as de Português, Matemática, Seminário Econômico e Prática de Escritório.

Diplomou-se como Contador, em dezembro de 1946, pela Faculdade Brasileira de Comércio, obtendo, em Contabilidade, asmaiores médias. Mas o primeiro artigo que o mestre publicou, em 1946, nada teve a ver com a Contabilidade, mas, sim com uma cidade mineira, a de Governador Valadares, editado em um jornal de Novo Hamburgo, no Rio Grande do Sul. ___________________ Em 1947, abriu seu escritório profissional em um bairro de periferia onde morava, jamais deixando de exercer a profissão de contador. Desde o iníciocriou seus próprios sistemas de trabalho, dedicando-se, na fase inicial, a assumir escritas de pequenas e médias empresas, porém, a qualidade do serviço que prestava logo o levou a servir às grandes, inclusive algumas ligadas a pessoas de influência como o Presidente Juscelino Kubitscheck. ___________________ Em 1948 assumiu o cargo de Diretor Técnico da Faculdade Brasileira de Comércio e do GinásioFrei Eustáquio, ocupando a vaga então deixada pelo Prof. Silvio De Marco, que também indicou Lopes de Sá como sucessor. Ansiava progredir culturalmente, mas, naquela época, a literatura contábil no Brasil era escassa e as obras que existiam tratavam mais de escrituração que de doutrina científica, exceção feita às de Francisco D`Áuria e Frederico Herrmann Júnior e uma parte da de Carlos deCarvalho, cujos livros adotados em sua Faculdade foram o marco inicial de seus estudos. A obra de Carvalho seguia a escola italiana do personalismo de Cerboni, mas, tinha um enorme valor prático. A rara sensibilidade científica de Lopes de Sá levou-o a recusar a tese personalista desde o início, e a estudar, logo depois de formado, nas obras de Frederico Herrmann e Francisco D´Áuria. A influência dos...
tracking img