Looll2

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 9 (2083 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 13 de março de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
História ½- No comando de Tarique, os muçulmanos entraram em 711 na Península Ibérica derrotando os Visigodos, que lá se encontravam, na Batalha de Guadalete. Permaneceram na P.I. 800 anos (711-1492) e formaram Andaluz, um reino. As Astúrias foi a única região que os muçulmanos não conseguiram conquistar. Em 722, Pelágio derrotou os muçulmanos e criou o Reino das Astúrias que deu origem aosReinos de Castela, Navarra e Aragão. Os seus objectivos eram: - Expandir a religião; - Cobrirem-se de honras e vitórias; - Melhorar as condições de vida Os muçulmanos: - Influenciaram a população; - Conviveram com os portugueses e respeitaram-se mutuamente; - Toleraram-se religiosamente Moçárabes- populações de cristãos que se adaptaram aos costumes árabes mas que mantiveram a sua religião. Trouxeramconhecimentos de outros países com a Índia, China, Pérsia… deixaram-nos: mesquitas, habitações, tapetes, azulejos, técnicas e instrumentos, conhecimentos de matemática, astronomia, medicina e navegação. Ex.: nora, picote, culturas (laranjeira, alface…) Reconquista- reconquista/reocupação do território ocupado pelos muçulmanos. Os cristãos contaram com a ajuda de muitos cavaleiros europeus,principalmente francos. Os reinos de Castela e Leão eram ajudados por cruzados enviados por outros países. O avanço na Reconquista processou-se no sentido Norte - Sul. D. Afonso VI recebeu a ajuda de dois cavaleiros franceses: D. Raimundo e D. Henrique. Como recompensa deu, a D. Raimundo, a mão de sua filha D. Urraca e o Condado da Galiza, e deu, a D. Henrique, a mão de sua filha D. Teresa e o CondadoPortucalense (localizava-se entre os rios Minho e Mondego). D. Raimundo e D. Urraca, tiveram um filho, Afonso VII que se tornou mais tarde rei de Castela. D. Henrique e D. Teresa tiveram um filho, Afonso Henriques. O Conde desde cedo quis tornar o condado portucalense independente mas morreu muito cedo e sendo o seu primogénito demasiado novo para governar, sua mulher, D. Teresa, tomou o cargo. Estapediu ajuda a nobreza da Galiza o que deixou os nobres portugueses descontentes, convencendo assim Afonso Henriques a revoltar-se e combater contra sua mãe na Batalha de S. Mamede (1128) onde saiu vencedor. D. Afonso Henriques começou assim a lutar para: conseguir a independência do Condado e alargar o território. Travou várias batalhas contra os mouros tendo a Batalha de Ourique sido a maisimportante (1139). O rei de Leão e Castela reconheceu a independência de Portugal em 1143 no Tratado de Zamora mas o papa só reconheceu Afonso Henriques como rei em 1179 através da Bula Manifestis Probatum. A sul do Tejo, a reconquista foi ainda mais demorada, verificando-se, por vezes, recuos no alargamento. A conquista definitiva do território português terminou no reinado de D. Afonso III. Castelareclamou o Algarve, para si, dizendo que lhe pertencia. Seguiu-se uma guerra entre os dois países e em 1267 foi assinado o Tratado de Badajoz que reconhecia a integração do

Reino do Algarve na coroa de Portugal. Em 1297 as fronteiras ficam definitivamente delineadas através do Tratado de Alcanises assinado entre D. Dinis e D. Fernando. 3- O espaço podia ser ocupado de três formas: - Senhorios-área jurídica, fiscal e administrativa onde um senhor feudal exerce o poder banal sobre todos os habitantes. - Alódios - Concelhos- território de extensão variável onde o poder é exercido pelos moradores ou vizinhos. 4/ 5- Senhorios: Os detentores de senhorios eram o rei, a nobreza e o clero. Depois da reconquista havia a necessidade de desenvolver as terras conquistadas, povoa-las defende-las egarantir a sua protecção. Presúria- ocupação das terras consideradas vagas pela expulsão dos muçulmanos Eram feitas doações de terras à nobreza e ao clero devido à necessidade de povoar e defender o território conquistado, recompensar os favores prestados e obter o favor divino. Chamavam-se reguengos às terras que pertenciam ao rei. Os senhorios da nobreza eram as honras (território imune sob a...
tracking img