Lombalgia, osteoporose e artrite

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 8 (1866 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 27 de novembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
LOMBALGIA

Patogênese
» É DOR NA REGIÃO LOMBAR, IDEPENDENTE DA CAUSA

» É O DESEQUILIBRIO DA COLUNA VERTEBRAL

» É UM SINTOMA E NÃO UM DIAGNOSTICO - AVISO

» AGUDA - REPENTINA

» CRÔNICA - INÍCIO IMPRECISO
HIGIENE DO TRABALHO - FISIOLOGIA

1

1

LOMBALGIA

Causas
» UMA QUEDA OU BATIDA FORTE - TRAUMA » EXCESSO DE PESO » PROBLEMAS POSTURAIS » HÉRNIA DE DISCO » TENSÃO MUSCULARCAUSADA POR ESTRESSE » OSTEOPOROSE » ARTROSE » GRAVIDEZ » ESFORÇOS REPETITIVOS
HIGIENE DO TRABALHO - FISIOLOGIA
2

2

LOMBALGIA

Crises
› INICIALMETE AS DORES SÃO SOMENTE NA REGIÃO LOMBAR › PODE IRRADIAR-SE NAS NÁDEGAS, COXAS E PERNAS › PODE APRESENTAR ESPASMOS E CONTRATURAS MUSCULARES › AS DORES PIORAM COM O CARREGAMENTO DE PESOS E MOVIMENTOS DE FLEXÃO DAS COSTAS › A DOR PODE SER TÃOFORTE QUE A PESSOA NÃO CONSEGUE SAIR DA CAMA › AS DORES PASSAM EM DIAS E DEVEM SUMIR EM 4 OU 6 SEMANAS
HIGIENE DO TRABALHO - FISIOLOGIA
3

3

LOMBALGIA

Dados Estatísticos
› 80% DOS ADULTOS TEM UMA CRISE DE LOMBALGIA › 30% FALTARÁ O TRABALHO › 70% DA POPULAÇÃO ACIMA DOS 40ANOS › 85% DA POPULAÇÃO COM MAIS DE 50 ANOS › 50% DOS TRABALHADORES DE INDÚSTRIA TEM DOR › EM ALGUMAS INDÚSTRIAS MAISDE 4 HORAS POR OPERÁRIO POR ANO SÃO DEIXADAS DE TRABALHAR › 85% DOS PORTADORES TEM CRISES REPETITIVAS

HIGIENE DO TRABALHO - FISIOLOGIA

4

4

LOMBALGIA

Tratamento
› CASOS DE LOMBALGIA AGUDA
› REPOUSO › MEDICAÇÃO ANALGÉSICA › OBSERVAÇÃO › CASOS DE LOMBALGIA CRÔNICA › MEDICAÇÃO ANALGÉSICA › FISIOTERAPIA - RPG › APLICAÇÕES DE LASER › MASSAGEN › ACUPULTURA, CIRURGIA.
HIGIENE DO TRABALHO- FISIOLOGIA
5

5

LOMBALGIA

Prevenção
› REALIZAR ATIVIDADES FISICAS › MANTER O PESO › EVITAR O FUMO › CUIDADO AO LEVANTAR PESOS › FICAR EM DETERMINADA POSIÇÃO POR MUITO TEMPO › MANTER POSTURA CORRETA › UTILIZAR UM COLCHÃO ADEQUADO › EVITAR SAPATOS ALTOS

HIGIENE DO TRABALHO - FISIOLOGIA

6

6

LOMBALGIA

Prevenção

HIGIENE DO TRABALHO - FISIOLOGIA

7

7

LOMBALGIAC olu na V ertebra l
N este con junto de vértebras, discos intervertebrais, n ervos, m ú sculos, m edula e ligam entos é on de acontece a m aior parte das disfu nções qu e cau sam dor n as costas. A m u sculatu ra das costas é a qu e dá a força n ecessária para os m ovim entos, ajudan do a estabilizar a colu n a, perm itin do ao h om em ficar de pé. O s m ú sculos abdom in ais tam bém sãoespecialm en te im portantes porqu e eles atu am em coorden ação com os m ú sculos das costas para a m anuten ção da postura em pé, e com o estabilizadores dos m ovim entos dos m em bros, n as atividades fun cion ais do h om em . A colun a vertebral é com posta de 2 4 vértebras in dividu ais dispostas n as regiões cervical (A ), torácica ou dorsal (B ), lom bar (C), 5 vértebras fu n didas form an do osacro (D ) e 4 vértebras fun didas form an do o cóccix (E ), nu m total de 33 vértebras. Cada vértebra é ligada à próxim a através de articulações ch am adas facetas articulares, que aju dam a estabilizar a colun a e guiar seus m ovim en tos. E ntre um a vértebra e outra en con tram os os discos intervertebrais, em form a de anel. O con ju nto das vértebras e os discos in tervertebrais form am u mcan al intern o que abriga a m edu la espinh al. A m edula espin h al é u m prolon gam en to do sistem a n ervoso central de on de derivam os n ervos espinh ais qu e saem da colun a através de orifícios.

HIGIENE DO TRABALHO - FISIOLOGIA

8

8

OSTEOPOROSE
Patogênese
É a diminuição absoluta da quantidade de osso e desestruturação da sua microarquitetura levando a um estado de fragilidadeem que podem ocorrer fraturas após traumas mínimos.

HIGIENE DO TRABALHO - FISIOLOGIA

9

9

OSTEOPOROSE
- é a doença óssea metabólica mais freqüente

- manifesta-se através de fratura. É popularmente conhecida como doença do osso frágil

- a patologia é associada ao envelhecimento

- se manifesta silenciosamente, progride sem sinal visível

HIGIENE DO TRABALHO - FISIOLOGIA...
tracking img