Logistica

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 15 (3521 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 14 de setembro de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
| |
| |
| |
| |
| |
|

Comportamento organizacional

visão sistêmica/mudança

Conclusão: Comportamento OrganizacionalComportamento organizacional é um campo de estudos que investiga o impacto que indivíduos,grupos e a estrutura têm sobre o comportamento dentro das organizações.São as pessoas que trabalham em uma fabrica,num hospital,numa escola,num laboratório e como elas agem dentro desses departamentos, elaborando assim melhorias e benefícios.Cada área tem suas metas e seus conhecimentos pra um ojetivo.Odesempenho da empresa depende também do comportamento das pessoas dentro dela num todo.com o propósito de utilizar esse conhecimento para promover a eficácia organizacional.
É uma área de especialidade, com um corpo comum de conhecimentos; comportamento das organizações são divididos em três fatores, indivíduos, grupos e estrutura. O comportamento organizacional aplica o conhecimento obtido sobre aspessoas, os grupos e o efeito de estrutura sobre o comportamento, para fazer com que as organizações trabalhem mais eficazmente, se preocupar com o estudo do que as pessoas fazem nas organizações e de como esse comportamento afeta o desempenho dessas empresas. Como esse estudo está voltado especificamente para situações relacionadas com o emprego, enfatiza-se o comportamento relativo a funções,trabalho, rotatividade, produtividade, desempenho humano e administrativo. Um exemplo de pesquisa dentro das organizações destacamos a pesquisa de clima que pode ser feito anualmente, fazendo uma coleta de dados, formulações teóricas,opiniões e sugestões,questionários em resposta promovendo a cidadania organizacional possíveis melhorias.

Definições de Comportamento OrganizacionalStephen P. Robbins

Adotando três níveis de análises - individual, grupal e organizacional, Robbins (1999) propôs um modelo básico para os estudos do CO, especificando quais variáveis seriam temas de interesse de cada um. Para as análises no nível individual o autor arrola variáveis biográficas, de personalidade,valores, atitudes e habilidades. . As análises sobre grupos/equipes de trabalhoé representada no modelo por interações bidirecionais entre os processos de tomada de decisão grupal,comunicação, liderança, conflito, poder, política, estrutura de grupo e equipes de trabalho. No nível de análises sobre a organização como um todo, Robbins (1999) relaciona temas como cultura, políticas e práticas de recursos humanos,estrutura e dimensionamento da organização, bem como tecnologiae dimensionamento do trabalho. Como variáveis de resultados (outputs) do modelo, o autor aponta produtividade,absenteísmo, rotatividade e satisfação.Estas influenciam os processos psicológicos de percepção, motivação e aprendizagem individuais que, por sua vez, afetam o processo de tomada de decisão individual. Nota-se que as variáveis de resultados representam critérios do comportamento humano nocontexto organizacional.

Nunnally

Medição consiste em um conjunto de normas para designar números aos objetos de modo tal que estes números representem quantidades de atributos.Na recente história do CO, a medição de suas variáveis não aconteceu exatamente como sugeriu Nunnally. Neste campo de conhecimentos, composto pela agregação de posições teóricas de diferentesdisciplinas, as medidas das variáveis foram desenvolvidas para quantificar atributos do indivíduo, dos grupos/equipes de trabalho ou da organização como um todo – seus três níveis de análise – desenvolvidas a partir de proposições específicas das disciplinas que lhe deram origem, e não para atribuir números a atributos das atividades organizacionais – objeto de estudo postulado paro o Comportamento...
tracking img