Logistica

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 6 (1376 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 23 de fevereiro de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
[pic]



TEORIA DAS FILAS




Prof: Helio Gioccondo Piazzi








Curso: Logística

A lunos:
Deise Kiyozumi Oão 201207041394
Marcelo Ruiz Silva 201107154251
Marcello Cruz Cintra 201107110793
Marisa Pereira da Silva 201107095263
Rafael Gonçalves dos Santos 201107099641














Objeto
Estudar e entender o funcionamento e importância da teoria dasfilas. Nós esperamos em fila quando estamos num engarrafamento, no supermercado aguardando para pagar nossas compras, nos bancos e em muitas outras situações.
As formações de filas ocorrem porque a procura pelo serviço é maior do que a capacidade do sistema de atender a esta procura. A razão pelo qual os gerentes dos estabelecimentos e o poder público não aumentam suas capacidades de atendimento sãopor inviabilidade econômica e limitação de espaço.
Assim, a Teoria das Filas tenta através de análises matemáticas detalhadas encontrar um ponto de equilíbrio que satisfaça o cliente e seja viável economicamente para o provedor do serviço.






















Sistema de filas

Um sistema de fila pode ser descrito por um processo de chegada a uma instalação de serviço,que pode consistir de um ou mais servidores, e um processo de atendimento, que pode ou não causar fila de espera. Esses sistemas são caracterizados por três elementos básicos: o processo de chegada, o processo de serviço e a disciplina de atendimento.
Denotando a taxa média de clientes chegando no sistema de filas como l e a taxa média de serviço como m, sendo que uma medida de congestionamentopara um sistema c-server é rºl/cm. Quando r > 1 (l > cm), o número médio de chegadas no sistema excede a taxa média de serviço do sistema, de forma que, quando o tempo avança a fila se tornará cada vez maior, impedindo qualquer situação de equilíbrio e fazendo com que novos clientes não possam mais se juntar a fila.


Assim, para obter uma situação de equilíbrio, r deve ser estritamente menor doque um. Quando r = 1, ao menos que as chegadas e os serviços sejam determinísticos e bem escalonados, nenhum estado de equilíbrio existe, desde que a aleatoriedade impedirá a fila de se esvaziar, de forma que, a mesma crescerá sem limites. Por essa razão, se a taxa média de serviço e a taxa média de chegada são conhecidas, o número médio de servidores paralelos requeridos para garantir a soluçãode estado de equilíbrio pode ser imediatamente calculado encontrando o menor c que satisfaça a equação l/cm < 1.






Sistema Multicanal com Fila Única

[pic]

A disciplina de filas refere-se à maneira como os clientes são escolhidos para entrar em serviço após uma fila ser formada. A maioria das disciplinas comuns que podem ser observadas na vida diária é FCFS(First-Come-First-Served), ou seja, o primeiro a chegar é o primeiro a ser servido. Entretanto, existem outras disciplinas, tais como, LCFS (Last-Come-First-Served), aplicável em sistemas de controle de estoque onde o item mais recente é mais fácil de ser apanhadas, e diversas outras disciplinas baseadas em esquemas de prioridade.
Existem duas situações gerais em disciplinas de prioridade. No primeiro caso, que é chamadode preemptivo, o cliente com a mais alta prioridade é permitido entrar em serviço independentemente de outro cliente com menor prioridade estar sendo servido, de forma que, o cliente com menor prioridade é interrompido e tem seu trabalho reiniciado mais tarde. Quando reiniciado, ele pode iniciar do ponto onde parou ou reiniciar todo o processo. Na segunda situação de prioridade, chamado caso nãopreemptivo (antecipado/esquema de processamento computacional onde o kernel tem o controle do tempo que será usado por cada processo, e tem o poder de tomar de volta este tempo e dá-lo para outro processo segundo seu esquema de prioridades), os clientes com mais alta prioridade vão para o início da fila, mas só entram em serviço quando o cliente sendo atendido deixa o sistema, mesmo que ele...
tracking img