Logistica

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 16 (3799 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 11 de outubro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
0

UNIVERSIDADE PAULISTA

Renato Soares de Menezes Ra 1209989

Projeto Integrado Multidisciplinar 2

Tecnologia em Logística

1

Resumo

O objetivo desse trabalho é apresentar a empresa onde trabalho, Usiminas Cubatão S/A, uma empresa líder de mercado no setor de aços planos e com mais de 50 anos de atuação, com bases nas matérias Economia e Mercado, Matemática Aplicada e RecursosMateriais e Patrimoniais. Fazer uma pesquisa dentro da empresa sobre sua estrutura no mercado siderúrgico mundial, suas ações em relação a investimentos e todo seu processo de controle de recursos materiais, desde o fornecimento até o suporte aos clientes.

2

Sumário

1. Introdução 1.1 Históricos da Empresa 1.2 Mercados do Aço 1.3 Influências da China 1.4 Produções Brasileiras 1.5Participações da Usiminas no Mercado 2. Matérias Primas do Aço 2.1 Recursos Patrimoniais da Usiminas 2.2 Recursos Humanos 2.3 Recursos Financeiros 2.4 Recursos Tecnológicos 3. Processo de Estoque 3.1 Processos de Compras 3.2 Processos de Produção do Aço 3.3 Estocagem 3.4 Distribuição

3.5 Atendimentos ao Cliente 4. Conclusão 5. Referências

3

1. Introdução

Usiminas Cubatão é uma empresa dosetor siderúrgico líder na produção e comercialização de aços planos e laminados a frio e a quente, bobinas, placas e revestimentos destinados principalmente aos setores de bem capital e de bens de consumo de linha branca, além de indústria automotiva.

1.1 Históricos da Empresa

A Usina José Bonifácio de Andrada e Silva localiza-se no município paulista de Cubatão, possui 12 milhões de metrosquadrados, incluindo um porto privativo alfandegado e que pode operar 12 milhões de toneladas/ano, e com um complexo siderúrgico integrado com capacidade de produzir quatro milhões de toneladas de aço/ano. A empresa conta com 5.300 trabalhadores. Fundada em 1953, um sonho de empreendedores paulistas, dentre eles, Martinho Prado Uchoa, Plínio de Queiroz, Alcides da Costa Vidigal e Herbert Levi.

1.2Mercados do Aço

Em 2010 a economia mundial começou a esboçar reação à crise em diversos setores. Um deles que experimentou a boa fase até antes do esperado foi o de Siderurgia. Segundo a Associação Mundial do Aço (WSA), na sigla em inglês, 2010 foi o melhor ano para o setor desde que a crise começou. O relatório da associação diz ainda que o setor mudou. Houve um deslocamento no centro degravidade da indústria siderúrgica mundial, que passou dos países desenvolvidos para os emergentes. De acordo com a entidade, nos próximos anos, as economias em crescimentos serão responsáveis por suprir 72% da demanda mundial por aço. No ranking dos maiores produtores de aço do mundo os emergentes já despontam na liderança, tendo a China como a número um. A produção mundial de aço bruto cresceu 6,8%em 2011, atingindo 1,527bilhões de toneladas métricas. A produção chinesa subiu 8,9% no período, passando para 695,5 milhões de toneladas, enquanto a produção da Coréia do Sul teve elevação de 16,2% alcançando 68,5 milhões de toneladas. Na outra ponta o Japão teve ligeira alta de 1,8 em relação a 2010, atingindo 107,5 bilhões de toneladas métricas. Na União Europeia, a produção de aço subiu 2,8%,passando para 177,4 milhões de toneladas. O resultado positivo foi visto também na Itália, que viu sua produção de aço subir 11,3% (28,7milhões de toneladas). Já na Espanha houve recuo de 4,6% na produção de aço bruto em relação a 2010, ficando em 15,6 milhões de toneladas.

4

Na América do Norte houve elevação de 6,8% na produção de aço bruto, atingindo 118,9 milhões de toneladas, enquantona América do Sul o crescimento foi de 10,2%, para 48,4 bilhões de toneladas. No Brasil, a produção de aço teve elevação de 6,8%, alcançando 35,2 milhões de toneladas, enquanto que nos Estados Unidos esse avanço foi de 7,1%, ficando em 86,2 milhões de toneladas.

1.3 Influências da China

A indústria siderúrgica da China opera atualmente com capacidade ociosa de 150 a 200 milhões de...
tracking img