Logistica

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 36 (8860 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 2 de setembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
7

Introdução Este artigo pretende contribuir para a discussão sobre a terceirização de atividades / serviços logísticos através de uma revisão da literatura disponível sobre o assunto, ampliando o leque de discussões sobre as vantagens e desvantagens de sua utilização na logística do ponto de vista estratégico. A prática do outsourcing é bastante comum nas organizações, cujo principal objetivoé a redução de custos, entretanto se esta técnica ou ferramenta não for utilizada com critérios gerenciais tal estratégia pode não produzir os efeitos desejados. A terceirização consiste na prática de transferir a outros, ou a um terceiro a incumbência de realizar tarefas consideradas secundárias dentro da organização. Tal prática que começou com a transferência de serviços de segurança, limpezae alimentação hoje abrange um grande número de atividades que antes eram feitas internamente pelas empresas que podem, segundo aquelas que a adotam, concentrar suas atividades no seu principal foco.

8

Objetivo O objetivo presente trabalho busca analisar a importância do operador logístico em assumir processos aos quais as indústrias não possuem conhecimentos técnico e específico,possibilitando as mesmas concentrarem esforços em seu foco de negocio, ou seja, sua produção. Podendo mostrar as vantagem e desvantagem de transferir tais funções visando à competitividade. Esse estudo foi realizado na intenção de identificar a relação entre qualidade e terceirização na distribuição da empresa XPTO.

Problemática Há relação entre qualidade e terceirização? 1-Sim. A qualidade é diferenteentre terceirizados e não terceirizados no processo de distribuição

2-Não. Não há relação entre terceirização e qualidade. Ou seja, tanto os serviços terceirizados e não terceirizados apresentam o mesmo padrão de qualidade. Justificativa Esta pesquisa justificou-se por trazer informações de uma grande empresa referência na prestação de serviço de terceirização na logística em um mercado cada vêsmais competitivo e é necessário, muitas vezes, que indústrias utilizem ferramentas que possibilitam o aumento e visando manter-se ou alcançar a liderança. Desta forma, uma considerável alternativa é a utilização do operador logístico como elo facilitador assumindo tarefas e fazendo com que as empresas se comprometam mais em seu foco de atividade. Sendo um material de informação útil e atual paraprofissionais, empresários e pesquisadores do setor. Metodologia Este artigo foi dividido em três capítulos. O capítulo um, foram abordados os principais autores e suas obras sobre Gestão da Cadeia de Suprimentos com foco em terceirização. No capítulo dois foi realizado um

9

estudo de caso da empresa XPTO. No terceiro e último capítulo, este estudo buscou relacionar a teoria do capítulo umcom a prática do capítulo dois. Terceirização A logística de uma empresa pode ser realizada por sua própria equipe de colaboradores ou por outra empresa contratada para essa finalidade. Nesse sentido, há diversas empresas que atuam nesse ramo de atividade, aperfeiçoando todo o processo de logística e garantindo o processo na distribuição das empresas contratantes (MARQUES, 2010). Terceirizaçãoresponsabilidades refere-se à por ação de que transferir para terceiros até então costumavam as ser

atividades

desempenhadas internamente (FRANCO, 2005). Pode-se entender a terceirização como o processo de subcontratar outras empresas para assumir funções que não são primordiais para o andamento do negocio. A terceirização é um processo de gestão pela qual algumas atividades são repassadas paraterceiros, com os quais se estabelece uma relação de parceria, ficando a empresa concentrada apenas em tarefas essencialmente ligadas ao negócio em que atua (LIMA, 2004).
Durante os anos 80, muitas indústrias mudaram radicalmente sua estrutura de manufatura como uma resposta estratégica para

globalização de mercados e aumento na competição (DORNIER, 2000, p.261).

Portanto, empresas que...
tracking img