Logistica

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 24 (5807 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 30 de abril de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
I – CONTROLE DE PRODUÇÃO/ESTOQUES – LOGÍSTICA


1. Introdução:




Desde o princípio da produção em linhas de montagens progressivas até a realidade industrial, o homem vem se esmerando em obter melhores e mais apurados controles, vem desenvolvendo técnicas com bases na criatividade.
Por volta de 1900 a indústria prosperava em muitos setores (o ritmo acelerado, para a época,impulsionava o homem a correr) e as técnicas empíricas já não supriam mais a necessidade de flexibilização e da otimização da capacidade produtiva. Novos enfoques foram então surgindo na administração da produção, no controle da produção e dos estoques. Algumas bases, do que depois de 1940 viria a ser chamado de Logística, começaram então a aparecer. É iniciada então, a grande reviravolta noempirismo para um modelo metodológico industrial; um período que mantém sua marcha de progresso até o surgimento do J.I.T (Just-in-Time), no Japão.




2. Menções sobre a história produtiva industrial:




Há relatos na história sobre a construção de navios, por parte dos Venezianos que em 1436 teriam estabelecido uma “linha de montagem progressiva”. Conceito avançado para a época. Porvolta de 1500 há registros de produção “em série” de roupas e armamentos. Entre 1600 e 1700 as indústrias de fundição de ferro e de transformação do algodão em tecidos, davam prosseguimento à produção em série. Em 1780, registrou-se o primeiro transporte contínuo, por meio de um sistema de correias e que estimulou a aplicação em vários setores industriais.
Surge então, a partir de 1880, a figurade Frederick W. Taylor (considerado o pai da administração Científica) que aplicou seus conceitos à movimentação metálica, seguido de Frank B. Gilbreth que expandiu os princípios de Taylor. A partir de Henry Ford a área de materiais no setor automobilístico de 19l4, ganhava uma correia transportadora para mover o chassis do automóvel ao longo da linha de montagem. A primeira guerra mundial trouxeconsigo a invenção da empilhadeira e depois vieram as cargas unitizadas.
Veremos agora, conceitos que fundamentaram a transformação metodológica, a partir de Taylor.




II. HISTÓRICO: ASPECTOS TECNOLÓGICOS E METODOLÓGICOS INDUSTRIAIS


1.Características do Enfoque de Frederick W. Taylor (1856-1915):




· Organização e administração devem ser “científicas” e não“empíricas”.


· No lugar de “ïmprovisação”, “ciência”.


· No lugar da “empirismo”, “planejamento”.


· Introdução de Metodologia de “análise de solução de problemas”.


· Introdução dos estudos técnicos à Empresa e treinamentos aos operários, trazendo consigo os seguintes elementos de administração científica:




1. Estudo do tempo industrial.
2. Supervisão funcional.
3.Padronização das ferramentas e instrumentos.
4. Introdução de fichas de introdução de serviços.
5. Idéia de premiação por tarefas executadas eficientemente.
6. Sistema de delineamento da rotina de trabalho.
7. Sistema de cálculo de custo, modernizado.
8. O princípio da análise de exceção (onde todos os tipos de desvios devem ser acompanhados, evidenciados e analisados).



2.EnfoqueMetodológico de Gilbreth:

Seguindo tendências de Ganth (engenheiro que já havia trabalhado sob a supervisão de Taylor), que enfatizava os aspectos psicológicos e humanistas, insistindo na importância do elemento humano na produtividade.


Contribuindo fortemente com a “Logística/Eng. Industrial” dos tempos atuais, foi responsável pela introdução do “Estudo de Tempos & Movimentos dosOperários”.


2.1. Características do Enfoque de Gilbreth (1868-1924):






· Desenvolveu estudos de Tempos & Movimentos dos Operários, com técnica administrativa básica para a racionalização de trabalho.
· Desenvolveu também estudos sobre “micromovimentos”.
A saber: Catalogou resumo dos movimentos efetuados no decorrer do trabalho em 17 tipos fundamentais e elementares...
tracking img