Logistica-e-distribuicao-uma-abordagem-conceitual-dos-temas-nos-dias-de-hoje

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 10 (2472 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 14 de abril de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Logística e Distribuição – Uma abordagem conceitual dos temas nos dias de hoje Autoria: Allan Cabral, Eymar Cruz e Tiago Carvalho

INTRODUÇÃO

Nas indústrias dos anos 60, quando a concorrência era muito menor, os ciclos dos produtos eram muito mais longos e as incertezas do mercado mais controláveis. Fazia sentido, naquela época, perseguir a excelência nos negócios através da gestão eficientede todas as atividades isoladas como compras, transporte, armazenagem, fabricação, manuseio de materiais e distribuição. Nos dias atuais, com os mercados cada vez mais dinâmicos e globalizados, os clientes ficaram cada vez mais informados e exigentes. Para satisfazê-los, são necessários produtos com ciclos de produção e entrega muito mais curtos e com semelhança tecnológica muito grande. Surgiuentão o conceito de logística integrada, que significa considerar como elementos de um sistema todas as atividades de movimentação e armazenagem que facilitam o fluxo dos produtos, desde a compra dos materiais até o ponto de consumo final, bem como os fluxos de informações que geram os produtos em movimento. No Brasil, essas mudanças datam principalmente de anos posteriores a 1990, quando houve aredução das alíquotas de importação, pressionando as empresas brasileiras a serem mais competitivas em função do aumento da concorrência internacional. Devido a essas mudanças, a logística vem ampliando a sua importância e o papel que tem no processo como um todo, justificando-se como um elemento primordial de cuidado, atendimento e composição de custo. A logística no Brasil constitui-se como umnegócio de grandes proporções que evoluiu muito e rapidamente nos últimos anos, passando por profundas transformações na direção de sua sofisticação (FIGUEIREDO, 2003). O que pretendemos com este artigo, é verificar quais os ganhos competitivos as empresas atuais obtêm, utilizando-se de processos de distribuição e logística eficientes, sejam estes desenvolvidos no ambiente interno das organizaçõesou no ambiente externo, através da busca de parcerias e alianças estratégicas de sucesso.

1

REFERENCIAL TEÓRICO

CONCEITUAÇÃO DA LOGÍSTICA E DISTRIBUIÇÃO

A distribuição pode ser tratada como sendo os sistemas de relações existentes entre empresas que participam dos processos de compra, venda e distribuição de produtos e serviços. Na busca por vantagens competitivas que lhes garantem,cada vez mais, uma competitividade sustentável, as empresas estão optando pela compra direta dos distribuidores, enquanto intermediários ou atacadistas, cuja função é atuarem como agentes de compra e distribuição dos produtos de que precisam (BOWERSOX e COOPER, 1992), o que demonstra a tendência mundial neste aspecto, através da eliminação de vários intermediários deste canal de distribuição. Oselementos que formam a cadeia logística, na parte que vai da manufatura ao varejo, formam o canal de distribuição.

CANAIS DE DISTRIBUIÇÃO

Segundo Stern (1996), os canais de distribuição são o conjunto de organizações interdependentes envolvidas no processo de tornar o produto ou serviço disponível para uso ou consumo. Os canais de distribuição selecionados por uma empresa são de difícilalteração, mantendo-se fixos por muito tempo, pois envolvem outras empresas, agentes, acordos comerciais, etc. A definição do canal de distribuição, com os serviços associados a ele, necessita de uma análise criteriosa de suas implicações sobre as operações logísticas. O processo de distribuição pode ser direto, sem a participação de terceiros, ou indireto, com a utilização do atacadista e/ou do varejista.Vários fatores podem orientar a escolha do melhor sistema de distribuição, como: classificação dos bens, disponibilidade de recursos, potencial de mercado, concentração geográfica dos clientes, necessidade de estocagem, complexidade do bem, grau de mudança tecnológica ou mudança de estilo e perecibilidade.

Atacadistas são definidos e classificados como intermediários que se dedicam às...
tracking img