Logistica reversa de polimeros

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 16 (3868 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 14 de outubro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Universidade Federal de São Carlos Pró-Reitoria de Pesquisa Coordenadoria de Iniciação Científica e Tecnológica

Título do Projeto de Pesquisa: Configuração e Caracterização da Rede e Logística Reversa de polímeros

Nome do Aluno: Stephan August Nome do Curso de Graduação: Engenharia de Produção - Sorocaba Nome do Orientador: José Geraldo Vidal Vieira Departamento/Centro: Departamento deEngenharia de Produção Sorocaba/ CCTS
São Carlos / 2012

1.a Introdução ao Problema
Segundo Lima (2004), o lixo gerado pela sociedade atual vem se tornando um grande problema tanto para a sociedade quanto para os órgãos responsáveis por ele. A sociedade apresenta um consumo desenfreado no qual o numero de materiais descartáveis vem crescendo a cada dia o sistema de coleta apresenta uma grandedeficiência. Tais fatos indicam que o conceito de sustentabilidade é pouco disseminado entre a sociedade, o que requer uma posição de forte divulgação destes a fim de impulsionar a coleta seletiva mas principalmente, desenvolver o sistema de coleta e a logística reversa. Os resíduos possuem vários destinos, os destinos mais habituais são: descarte em locais apropriados (como aterros sanitários);descarte em local menos apropriado (como lixões à céu aberto) e por fim, um destino que mais sustentável, que é a reutilização dos resíduos (SOUZA, 2011). No Brasil, segundo uma pesquisa realizada pelo IBGE em 2000, o lixo produzido diariamente atingia 125.281 toneladas, sendo que 47,1% era destinado a aterros sanitários, 22,3 % a aterros controlados e apenas 30,5 % a lixões, ou seja, a grande maioriados lixos são destinados a aterros. A coleta seletiva realizada no Brasil começou a partir de meados da década de 1980, sendo que no ano 1989 o numero de municípios que já a praticava era 58. Já em 2000, este numero passou para 451, e em 2008 foram identificados 994 municípios (IBGE, 2010). Com o aumento da coleta seletiva a reciclagem de materiais e a reutilização vem se tornando mais tangível.Estes em conjunto com a redução da geração de resíduos são um dos pontos mais importantes no gerenciamento sustentável de resíduos, além de ser um estimulante de desenvolvimento sustentável para as empresas, sociedade e até mesmo para o poder publico, pois além de proporcionar benefícios ambientais e gerar oportunidades de negócios, é uma atividade geradora de empregos a classes sociais menosfavorecidas.

Dentro da reciclagem de matérias, os polímeros se destacam por apresentar grande expansão no mercado nacional. Segundo a Associação Brasileira da Indústria do Plástico (ABIPLAST), o consumo aparente de plásticos é calculado a partir da soma do total produzido com o total importado e a subtração do total exportado. O consumo aparente em 2008 foi de 5.298 mil toneladas. Comparando estevalor com o do ano 2000, o consumo de transformados plásticos cresceu de forma acumulada na razão de 33%. Já a reciclagem deste material, segundo a Plastivida (marca registrada de

propriedade da ABIQUIM, Associação Brasileira da Indústria Química) avaliou um índice médio de 17,5% de material reciclado, ou seja, cerca de 82,5% desses materiais ainda não são aproveitados. Conforme Santos(2010)Sorocaba atualmente apresenta seu aterro esgotado, gerando a necessidade de transportar o lixo para outras cidades o que acarreta um elevado custo. De acordo com Santos(2010) na região de Sorocaba o processo de coleta seletiva e comercialização é dividido em 3 etapas. A primeira é a coleta em si, realizada por catadores de porta em porta através de um sistema de coleta com frequências especificas,independente da coleta de lixo urbana. Quando os catadores vão realizar a coleta se deparam com uma prévia separação dos produtos descartados, facilitando as operações da próxima etapa. A segunda etapa é realizada nas cooperativas, onde ocorre o tratamento de separação, acondicionamentos dos recicláveis, pesagem, prensagem, e enfardamento. Já a terceira e ultima etapa é a comercialização...
tracking img