Logistica no seculo xxi

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 7 (1608 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 11 de setembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Cadeia de suprimentos do século XXI

As praticas de comercio reconhecidas no século XX, bem como estruturas de canal de distribuição usada para levar o termo a entrega, desenvolveu-se em função de anos de experiência datadas na Revolução Industrial. Para aquela época as práticas de negocio permaneceram sem ser desafiada, pois não existia uma alternativa que pudesse competir com ela. O mundoindustrializado não é mais caracterizado pela escassez de produtos, e sim pelo poder de compra dos consumidores e pelo interesse de uma escolha maior de produtos e serviços que aumentava aceleradamente. Os desejos dos consumidores mudaram de passiva para o envolvimento ativo nos projetos e nas entregas de produtos e serviços oferecidos.
Em meados dos anos 90, o tempo médio exigido para umaempresa processar e entregar as mercadorias , do estoque de um armazém até o cliente, varia de 15 dias a 30 dias , podendo variar mais do que isto. Muitas das vezes, estes pedidos chegavam ao cliente, com quantidade errada, ou até mesmo de uma forma que não poderia ser utilizada pelo cliente.
O cenário típico de pedidos para entrega envolvia solicitação e a transferência de pedidos, o quegeralmente envolvia pedidos realizados por telefone, fax ou até mesmo por correio publico; seguia-se o processamento do pedido, o que exigia o uso de sistemas manuais ou de computadores, a autorização de credito e o apontamento do pedido pelo armazém para fins de seleção; e, após o embarque da mercadoria para a entrega para o cliente. Quando tudo acontecia de acordo com o planejamento , o tempomédio para que cada cliente receber a sua encomenda era muito demorado. Quando dava algo errado (o que era frequente), como falta de estoque de inventário, uma ordem de serviço perdida ou fora do lugar, uma entrega mal direcionada, o tempo total para o atendimento do cliente aumentava drasticamente.
Com a tentativa de redução deste tempo de entrega, tornou-se uma pratica comum estocar mercadorias ,baseado em inventários de produtos idênticos que era regularmente estocados pelos varejistas, atacadistas e industrias. Mesmo estes inventários serem extensos as entregas continuavam atrasadas e com problemas, devido ao fato de que as mercadorias dispostas no mercado eram diversificadas e para cada tipo de mercadoria tinha-se um leque muito grande de variedade de produtos.
Sendo assim, acapacidade de transporte e o desempenho operacional têm se tornado cada vez mais econômico e confiável, já que conta com o apoio tecnológico sofisticado que facilita as entregas previsíveis e precisas.
Em se tratando de gestão de armazéns, está relacionado diretamente com o processo de transferência de produtos para os cliente finais e tem como aspectos a mão de obra utilizada, o espaço, as condiçõesdo armazém são fundamentais. Podemos considera a gestão de armazéns, umas dos pilares da logística, não somente ao seu valor material, mais como um grande fosso entre a falta de organização e a carência na melhoria dos processos com as reais necessidades das empresas. Uma gestão de armazéns bem trabalhada, implica diretamente na realização de processos e ciclos de armazenagem em prol docrescimento rápido , e a armazenagem necessita de uma constante racionalização e consequentemente de uma racionalização mais eficaz, pois implicas diretamente em mercadorias paradas, o que para a empresa tema sua liquidez comprometida, podendo assim ficar endividada em um curto espaço de tempo.
Para a introdução de uma gestão mais eficaz, faz-se necessário a redução da sua área de armazenagem, que comoconsequência faz com que o estoque de mercadorias reduza. Sendo assim, devemos reduzir o tempo de permanecia de produtos/serviços dentro do armazém reduzindo assim, o tempo entre origem – destino da mercadoria. Em paralelo, deve-se trabalhar para que o tempo de rotação dos produtos/serviços seja mais rápido, facilitar o seu manuseio, apostar em condições de automatização e como consequência...
tracking img