Logistica do es

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 6 (1319 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 12 de abril de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Logística do ES seria melhor se o porto e o aeroporto de Vitória fossem do Estado e não federais
Folha Vitória
Redação Folha Vitória
Para o presidente do Sindiex, Severiano Imperial, se o Governo Federal deixasse os capixabas investirem nos dois terminaiss de entrada e saída de produtos para o exterior, o Espírito Santo estaria mais avançado logisticamente
A estadualização do porto e doaeroporto de Vitória é o caminho para tornar o Espírito Santo referência em logística no Brasil. É o que afirma o presidente do Sindicato do Comércio de Exportação e Importação do Estado do Espírito Santo (Sindiex), Severiano Imperial.
Ele acredita que o Governo Estadual, junto com a iniciativa privada, tem condições de assumir as obras dos dois terminais de comércio exterior localizados na capitalcapixaba. Severiano reclama que o Governo Federal não faz o que é necessário e ainda não deixa o Estado agir.
 
“Há sete anos o Governador Paulo Hartung depositou R$ 2,8 milhões de reais na conta da Codesa para melhorias no Porto de Vitória, mas até agora, pouco ou quase nada foi feito. As obras no aeroporto se arrastam há anos. E nós fizemos de tudo para estadualizar tanto o porto quanto oaeroporto para termos autonomia, mas não deixaram a gente trabalhar”, reclama.
Para Severiano, se pelo menos o Governo Federal fizesse a parte dele, concluindo as obras do aeroporto Eurico de Aguiar Salles e as obras de dragagem, sinalização e modernização do Porto de Vitória, o Espírito Santo estaria logisticamente mais avançado.
“Com a estadualização, o Governo tem condições de captar investimentospúblicos e privados e, em dez anos, teríamos aeroporto e porto de primeira linha. Ou o Governo Federal investe, ou deixa o Espírito Santo investir. Se eles fizessem a parte deles, nós estaríamos em outro patamar logístico”, garante.
 
Com boa estrutura, o Fundap seria desnecessário
Severiano afirma ainda que se o Espírito Santo tivesse um bom aeroporto, com vôos internacionais e terminal decargas, além de um porto com funcionamento 24 horas; com calado de 14 metros ou mais de profundidade; com quatro piers bons e uma retroárea para movimentação de cargas de pelo menos 300 metros quadrados, o Fundo de Desenvolvimento de Atividades Portuárias (Fundap) seria desnecessário.
“Com boas estruturas aérea e portuária, muitos custos seriam evitados. Por exemplo, se tivéssemos um aeroporto depeso, os nossos operadores teriam mais vantagem ao desembarcar a mercadoria aqui no Estado do que indo buscar em São Paulo, como acontece hoje”, explica. 
 
Atualmente, os operadores importam produtos eletrônicos e celulares pelos aeroportos do Rio de Janeiro e de São Paulo. A mercadoria vem para o Espírito Santo via rodovias, em contêiners. Logística que só é viável graças ao Fundap.
“Se tudoisso fosse feito aqui mesmo no Estado – desembarque, transporte e trâmites legais – o tempo de tráfego e os custos seriam reduzidos. É o que nos falta. No mais, estamos bem à frente dos outros, com armazéns públicos e privados com tecnologia de ponta. Quando tudo isso existir, não vamos mais precisar do Fundap”, garante.
-------------------------------------------------

A Logística comoEstratégia de Desenvolvimento
O desafio da competitividade ultrapassa as fronteiras das empresas e permeia todas as assim denominadas cadeias de suprimento, desde os fornecedores de matérias primas e chegando até aos consumidores finais.

Em outras palavras, uma empresa prestadora de serviços ou fabricante de qualquer produto esta competindo não somente com outras empresas congêneres e sim a suacadeia de suprimentos esta competindo com as respectivas cadeias de suprimentos de seus concorrentes.
Assim a gestão das cadeias de suprimento tornou-se pedra fundamental para a sobrevivência no mundo globalizado e exige profundas mudanças nas empresas e especialmente no ambiente de negócios onde atuam, demandando infra-estrutura, políticas publicas e competências cada vez mas adequadas ao momento...
tracking img