Logística reversa

SUMÁRIO
1. INTRODUÇÃO 02

2. LOGÍSTICA REVERSA 02
2.1 Conceito 02
2.2 Embalagem 03
2.3 Exemplos de Produtos 04

3. CONCLUSÃO 05

4. REFERÊNCIAS 06

1. INTRODUÇÃO

A logística reversa vem despertando um interesse crescente nas organizações empresariais e nas pesquisas científicas, uma vez que torna possível melhorar o desempenho e a competitividade das organizações. O trabalho foidesenvolvido com enfoque nas embalagens, o lixo é a matéria-prima fora de lugar. A forma com que uma sociedade trata seu lixo, dos velhos, dos meninos de rua e dos doentes atesta seu grau de civilização, o tratamento do lixo doméstico e industrial, além de ser uma questão com implicações tecnológicas, é antes de tudo uma questão cultural. 
Porém é fundamental que a reciclagem seja percebida em todasua complexidade, e não apenas como única e inquestionável alternativa. Deve-se dar como enfoque da reciclagem não só o esgotamento de recursos, o combate a crise ambiental, pois sei grande valor está no potencial de sensibilização e mobilização dos indivíduos e coletividades em relação à necessidade de desenvolver uma visão crítica dos processos de produção e consumo.

2. LOGÍSTICA REVERSA2.1 CONCEITO

A logística reversa é um processo de planejamento, implementação e controle do fluxo dos resíduos de pós-consumo e pós–venda e seu fluxo de informação do ponto de consumo até o ponto de origem, como objetivo de recuperar valor ou realizar um descarte adequado. Desta forma, contribuindo para a consolidação do conceito de sustentabilidade no ambiente empresarial, apoiada nosconceitos de desenvolvimento ambiental, social e econômico. (PATRÍCIA GUARNIERI).

2.2 EMBALAGEM

O crescimento do mercado global, o aumento da competitividade e as influências de tecnologia, obsolescência e a modernidade estão causando significativos impactos na rotina das organizações. Estas mudanças ocasionaram o aumento da necessidade de integração das operações comerciais e de transporte eplanejamento, momento em que foi percebida a capacidade da logística em criar valor para o cliente, o que fez com que a atividade tomasse um papel essencial na otimização dos recursos e na modernização das técnicas de gestão e de produção das empresas.
O foco antes dedicado exclusivamente à obtenção de vantagem competitiva em embalagem, desenvolvimento de novos produtos e redução de custos de matériaprima, hoje passou a ser ampliado, pois a grande maioria dos produtos disponíveis no mercado hoje não é totalmente consumida.
Com o aprimoramento dos conceitos e das ferramentas logística ocorreu um processo de especialização visando atender uma necessidade crescente de gestão eficiente do fluxo de retorno de produtos e materiais. A partir deste momento o fluxo inverso da cadeia desuprimentos passou a fazer parte das competências logísticas, sem perder seu foco: satisfação dos clientes.
Os descartes adequados de resíduos de materiais não utilizados, embalagens e produtos com componentes químicos estão caracterizando um grande desafio às organizações, e seu impacto sobre a sociedade e meio ambiente fazem do tema um caso de extrema relevância.
Entre as alternativas de destino a estesmateriais, existe a reciclagem, o reprocessamento e devolução ao mercado, ou ainda, no caso de não haver mais utilidade do material, o descarte pela deposição em algum depósito definitivo na forma de lixo. O processo de movimentação destas mercadorias se dá através de canais de distribuição especiais.
É notável o crescente interesse pelo assunto convencionalmente chamado de “logística reversa”,contudo ainda poucos autores se dedicaram a pesquisa e desenvolvimento de material científico sobre o tema.
Na logística tradicionalmente realizada, parte-se de um fabricante e define-se o caminho até o consumidor final. De forma simplificada, a Logística Reversa trata do caminho inverso, no qual o produto tem como ponto de partida os inúmeros consumidores, com destino ao fabricante. Desta forma...
tracking img