Locke

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 2 (251 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 17 de abril de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
Refletindo sobre as informações oferecidas sobre Locke podemos concluir que ele era contra a teoria formulada pelo filósofo Thomas Hobbes. ParaLocke, a soberania não esta no Estado, e sim na população, ou seja, para ele não existe um Estado de Natureza violento, é um estado e paz, deequilíbrio no qual os homens também têm seus direitos.
Ele diz que as pessoas tem que ter a noção de seus limites, tem que existir respeitoentre os homens; Esse fato é chamado de Direito de Propriedade, onde o poder não é submetido ao rei e sim à propriedade. O filósofo propõe o Pactode Consentimento, onde a população concorda em estabelecer leis e deixar que alguém, escolhido por eles, cuide das aplicações de tais leiscriadas. No meu modo de pensar o ponto de vista do Locke é plausível, pois o Estado não tem como direito “obrigar” a população de perder sualiberdade para chegar ao Estado Civil; Os homens são responsáveis pelos seus atos, e consequentemente, irão responder por eles seguindo as leis criadaspor eles. Na visão do filosifo analisado o Estado é de força coercitiva, no sentido de apenas obrigas a sociedade a cumprir os contratos; Lockese preocupa com esse mecanismo de poder, no qual o mais forte se impõe, mas ele não acha que isso tem que ser o fundamento do comportamentohumano. O poder político é utilizado para preservar e manter a integridade social, tendo como componente a força, mas apenas de maneira controlada.
tracking img