Locke

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 11 (2659 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 14 de abril de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
A obra Ensaio acerca do entendimento humano é composta de quatro livros e
seus respectivos capítulos:

a) O livro I, intitulado NEM OS PRINCÍPIOS NEM AS IDEIAS SÃO INATAS. É
composto por três capítulos.

No capítulo I, Locke afirmou que o conhecimento é fruto do esforço da experiência e por isso não é inato. Ele diz que pelo fato de as ideias não estarem impressas nas mentes das crianças enos portadores de deficiência mental, então não são inatas. Os princípios são alcançados pelos sentidos e não pela razão.

No capitulo II, Locke registrou a ausência de princípios práticos inatos. Os princípios
práticos estão nas coisas que nos oferecem os princípios especulativos. A decisão
moral de um grupo tem base em princípios especulativos e discutidos anteriormente. A
questão é séria,pois muitas nações rejeitam as regras morais de outras. Quaisquer
tipos de princípios precisam ser examinados, não importa se nos campos da fé, da
política, da economia e outros.

O capítulo III discorreu sobre outras considerações,
sobre princípios inatos: especulativos ou práticos. O pensador negou que existam
princípios inatos, ideias de princípios nas crianças, ideias inatas de Deusnas pessoas,
ideias inatas na memória humana. Ao invés do inatismo, ele afirma que as discussões
nascem de opiniões surgidas do ato de duvidar dos princípios inatos.

b) O livro II AS IDEIAS. É composto por vinte e nove capítulos. No capítulo I,
descreveu que as ideias têm origem nos objetos. A ideia é o objeto do pensamento. As
ideias se derivam da sensação e da reflexão, portanto seu objetoé o das fontes das
ideias. As crianças recém-nascidas não possuem abundâncias de ideias de seu futuro
conhecimento. O conhecimento dos homens é resultado do contato desses com diversos
objetos. A alma humana cria suas ideias após o exercício da percepção.

No capítulo II, Locke teceu comentário sobre as ideias simples, asseverando que elas são frutos da aparência simples dos objetos. São asideias que ainda não foram repetidas e comparadas pelo entendimento.

No capítulo III, o filósofo se ateve às ideias simples do
sentido. Tratam-se das ideias que vêm à mente por um ou vários sentidos.

No capítulo IV, o empirista inglês fez afirmações sobre a ideia de solidez. Tal ideia nos chega à razão pelo tato, ocupando espaço ou não. O tato nos indica peso, temperatura, maciez, asperezae outros elementos que nos provocam impulso, resistência e protuberância.

O capítulo V discorreu sobre as ideias simples dos vários sentidos. Tratam-se das
ideias de espaço ou extensão, figura, repouso e movimento.

O capítulo VI refletiu sobre as ideias simples de reflexão e destacou a operação da mente sobre as ideias da percepção e da vontade.

O capítulo VII destacou as ideiassimples da sensação e da
reflexão que podem ser vistas na dor ou deleite, na dor e inquietação, no poder, na
existência e na unidade. Tais ideias movimentam nossas ações. Por elas serem simples,
são os materiais de nosso conhecimento. O autor do livro omitiu a escrita do capítulo VIII.

O capítulo IX tratou da percepção, que nada mais é do que o pensamento. A reflexão nos garante a ideia depercepção das coisas. Pela percepção é que se dá a entrada de todos os materiais no conhecimento e daí as diferenças desses materiais.

O capítulo X apresentou o significado de retenção, que nada mais é que o resultado da
contemplação e, em seguida, o resultado do que fica dessa contemplação. Após ela
encontra-se a memória que armazena as ideias para depois usá-las.

As ideias são fixadas namente através da atenção, repetição, prazer e dor.
Disso depende o conhecimento. A retenção também pode se dar através da recordação
da mente e ainda pode sofrer com o esquecimento e a lentidão da memória.

O capítulo XI ensinou sobre o discernimento e outras operações da mente. Para o autor, não há conhecimento sem discernimento e ele está intimamente ligado à agudez, ao julgamento e a isto...
tracking img