Lixo urbano

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 8 (1949 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 16 de julho de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
UNIVERSIDADE VEIGA DE ALMEIDA
CURSO DE ODONTOLOGIA

Lixo urbano e Desenvolvimento sustentável

RIO DE JANEIRO
06/05/2012

Sumário

Introdução...............................................................................................................3
Lixo urbano e Desenvolvimento Sustentável............................................................3
Coleta de lixo..........................................................................................................5
Algumas soluções Sustentáveis para o lixo urbano...................................................6
Praticando os 3R's na sustentabilidade.....................................................................6Conclusão.................................................................................................................7
Referências bibliográficas ........................................................................................8

Introdução
Este texto associa o lixo urbano e a sustentabilidade, considerando aspectos ecológicos, econômicos, políticos e sociais envolvidos. Atualmente, a geração de lixo urbano apresenta-se como um problema de graves proporções por causa dagrande quantidade produzida diariamente e da potencialidade do lixo em se transformar em foco de doenças, de contaminação do solo, do ar e das águas. Este trabalho visa analisar a geração do lixo, relacionando-a com as formas de consumo difundidas pelo modo de produção capitalista e as maneiras de diminuir a geração de lixo. Bem como dar tratamento adequado.

LIXO URBANO E O DESENVOLVIMENTOSUSTENTABILIDADE
A palavra lixo, derivada do termo latim lix, significa "cinza". No dicionário, ela é definida como sujeira, imundice, coisa ou coisas inúteis, velhas, sem valor. Lixo, na linguagem técnica, é sinônimo de resíduos sólidos e é representado por materiais descartados pelas atividades humanas. Desde os tempos mais remotos até meados do século XVIII, quando surgiram as primeirasindústrias na Europa, o lixo era produzido em pequena quantidade e constituído essencialmente de sobras de alimentos.
A partir da Revolução Industrial, as fábricas começaram a produzir objetos de consumo em larga escala e a introduzir novas embalagens no mercado, aumentando consideravelmente o volume e a diversidade de resíduos gerados nas áreas urbanas. O homem passou a viver então a era dos descartáveisem que a maior parte dos produtos desde guardanapos de papel e latas de refrigerante, até computadores são inutilizados e jogados fora com enorme rapidez. Ao mesmo tempo, o crescimento acelerado das metrópoles fez com que as áreas disponíveis para colocar o lixo se tornassem escassas. A sujeira acumulada no ambiente aumentou a poluição do solo e das águas e piorou as condições de saúde daspopulações em todo o mundo, especialmente nas regiões menos desenvolvidas. Até hoje, no Brasil, a maior parte dos resíduos recolhidos nos centros urbanos é simplesmente jogada sem qualquer cuidado em depósitos existentes nas periferias das cidades. O lixo urbano é, portanto um dos maiores problemas ambientais da atualidade, pois os moldes de consumo adotados pela maioria das sociedades modernas estãoprovocando um aumento contínuo e exagerado na quantidade de lixo produzido.
Em um mundo que busca cada vez mais soluções sustentáveis para o desenvolvimento industrial e social, os resíduos sólidos urbanos viraram sinônimo de problema. O lixo urbano é resultado das matérias-primas, industrializadas e consumidas, pelas atividades domésticas e comerciais da sociedade, podendo ser divididos entrematéria orgânica (restos de comida), recicláveis (papel, vidro, plástico e metal) e componentes reaproveitáveis (óleo de cozinha, peças de informática). Materiais como pilhas, baterias e restos de medicamentos e hospitalares compõem o chamado lixo tóxico, que precisa ser descartado corretamente para que não haja contaminação do ambiente e consequentemente das pessoas que nele vivem.
Uma pessoa...
tracking img