Lixo eletrônico

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 8 (1768 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 24 de outubro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Lixo eletrônico

Electronic waste

DIOGO CB, SILVA ALN. Lixo eletrônico

Carla Braga Diogo
Andrei L. D. e Silva

RESUMO: O Lixo eletrônico é um problema crescente que está presente na maioria das cidades, e que traz sérias doenças à população, prejudicando também o meio ambiente. Desta forma nosso estudo teve como objetivo amenizar o acúmulo de lixo eletrônico criando alternativas parao seu descarte correto. A metodologia utilizada foi uma pesquisa bibliográfica que nos permitiu concluir que a maioria das empresas não se empenha em questões de destinação correta desses resíduos devido a poucas exigências da população nesse quesito.
Palavras-chave: Lixo Eletrônico; Meio Ambiente; Sociedade.

ABSTRACT: The Junk is a growing problem that is present in most cities, and thatbrings serious diseases to the population, also damaging the environment. Therefore our study aimed to alleviate the accumulation of junk creating alternatives for their proper disposal. The methodology was a literature search we concluded that most companies no effort to correct these issues of waste disposal due to the few requirements of the population in this regard.

1.INTRODUÇÃO
O mundo jogafora, anualmente, 50 milhões de toneladas de lixo originado de equipamentos eletrônicos. No Brasil, só de baterias para celular, pelo menos 11 toneladas são jogadas no lixo comum. Isso sem falar nas pilhas. O destino do que chamamos lixo eletrônico, além de não ser adequado, está prejudicando países em desenvolvimento.
O que você faz quando seu celular estraga? Em muitos casos, mandar para oconserto pode sair mais caro que comprar um novo. E o que acontece com o aparelho estragado, ou com aquele que "ficou antigo"? A maioria das pessoas simplesmente joga fora. Agora pense num país inteiro agindo dessa forma e imagine o tamanho da montanha de lixo. O rápido avanço tecnológico, apesar de tornar nossas vidas cada vez mais cômodas, está causando um aumento meteórico do volume de lixoeletrônico no planeta. Sabe o que é pior? Aparelhos eletrônicos normalmente contêm metais pesados e outras substâncias tóxicas, que podem contaminar o solo, as águas e o ar.
E enquanto as grandes potências mundiais produzem computadores, eletrodomésticos e celulares de última geração, o lixo resultante de toda essa tecnologia vai poluir o meio ambiente de quem pode menos. Isso porque os países ricos"exportam" seu lixo eletrônico para os países em desenvolvimento, que se utilizam dele para movimentar a economia por meio da extração de elementos como circuitos eletrônicos e alumínio. Mas essa prática, na maioria dos países, ocorre sem regulamentação e fiscalização adequadas, causando sérios danos ao meio ambiente e à saúde da população.
Em 2002, de acordo com a Rede de Ação da Basiléia e oGreenpeace, o problema era mais sério na China e na Índia. Mas estudos feitos em 2006 acusaram que a rota do comércio do e-lixo agora tem como principal destino a África. A Nigéria, por exemplo, recebe 100 mil computadores por mês, mas 75% deles são sucata. Segundo o relatório, a maior parte do lixo eletrônico não é utilizada e fica exposta em campos abertos, poluindo especialmente a água e o solo,contaminados com chumbo e subprodutos de ácidos.
A história toda começou na última década, quando, para se livrar de pilhas, baterias de celulares usadas e toda a parafernália tecnológica vinda com os computadores na carona da globalização, ninguém sabia o que fazer. Enquanto isso, quem sofreu foi o meio ambiente. Nos aterros sanitários que recebem o lixo comum, começou a surgir, aos poucos, umanova categoria de lixo: o lixo eletrônico, que, com seus metais pesados, é considerado um risco à saúde da população e ao meio ambiente.
As autoridades, governos e, principalmente, os fabricantes desses produtos ainda não despertaram para o resultado dessa falta de destinação correta para o acúmulo do despejo advindo da vida moderna. Contaminação do solo, da água e, conseqüentemente, dos...
tracking img