Livros

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 2 (306 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 2 de junho de 2014
Ler documento completo
Amostra do texto
RESUMO CRÍTICO DO LIVRO A MENINA QUE ROUBAVA LIVROS Autor: Marcus Zusak

Este livro conta a história de Liesel Meminger, entre 1939 e 1943, cuja mãe a entregou aoscuidados do casal Hans e RosaHubermann. Durante a Segunda Guerra, a Alemanha dava um auxílio às famílias que “adotassem” crianças alemãs pobres. Liesel viu seu irmãozinho morrer nosbraços da mãe durante a viagem, e roubou seuprimeiro livro – “O Manual do Coveiro” – esquecido na neve por um dos rapazes que enterraram seu irmão. Nos livros, Lieselconseguiu encontrar um propósito de vida: a busca pelo conhecimento, e um alentopara os dias tão difíceis da guerra. Ela foi incentivada e ajudada por seu pai adotivo, o doce Max,nesta descoberta literária, no entanto a mãe adotiva, Rosa, era uma pessoa rabugenta e impaciente,mas que – apesar das surras constantes, não tinha má índole e, ao final,acaba até suavizando sua personalidade. Liesel tinha um amigo inseparável na infância, Rudy Steiner, com quem jogava futebol,suportava a escola e sofria junto os dissabores daguerra, além de ajudá-la a roubar livros da biblioteca da mulher do prefeito, de quem se tornou amiga mais tarde e passou a desfrutar dos livros com suapermissão. Outra pessoaimportante na vida de Liesel foi Max Vanderburg, um judeu que a família Hubermann acolheu e escondeu durante alguns meses no porão da casa, e por quem Liesel nutriugrandecarinho. O aspecto mais interessante do livro é que toda a infância de Liesel é contada exatamente por ela: a Morte, cujos comentários sobre a quantidade de trabalho e ainutilidade geradas pela Guerrasão tocantes, ela levou seus pais e seu amigo Rudy. Ao final, a Morte só vai encontrar Liesel já em idade avançada, tendo construído família e v
tracking img