Livro

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 674 (168450 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 22 de abril de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
VROMEMÓRIAS DE UM SUICIDA (Obra Mediúnica) YVONNE A. PEREIRA Memórias de um Suicida FEDERAÇÃO ESPÍRITA BRASILEIRA DEPARTAMENTO EDITORIAL Rua Souza Valente, 17-CEP-20941 e Avenida Passos, 30 - CEP - 20051 Rio, RJ-Brasil 10ª edição Do 51º ao 60º milheiro Capa de Cecconi B.N. 10.427 281-AA; 002.01-0; 6/1982 Copyright 1955 by FEDERAÇÃO ESPÍRITA BRASILEIRA (Casa-Máter do Espiritismo) AV. PASSOS, 3020051 - Rio, RJ - Brasil Composição fotolitos e impressã of set das , o Oficinas do Departamento Gráfico da FEB Rua Souza Valente, 17 20941 - Rio, RJ - Brasil C.G.C, nº 33.644.857/0002-84 LE, n .O 81.600.503 Impresso no Brasil PRESITA EN BRAZILO

ÍNDICE Introdução Prefácio da segunda edição PRIMEIRA PARTE Os Réprobos I - O Vale dos Suicidas II - Os réprobos III - No Hospital "Maria de Nazaré" IV- Jerônimo de Araújo Silveira e família V - O reconhecimento VI - A Comunhão com o Alto VII - Nossos amigos - os discípulos de Allan Kardec SEGUNDA PARTE Os Departamentos I - A Torre de Vigia II - Os arquivos da alma III - O Manicômio IV - Outra vez Jerônimo e família V - Prelúdios de reencarnação VI - "A cada um segundo suas obras" VII - Os primeiros ensaios VIII – Novos rumos TERCEIRA PARTE ACidade Universitária I - A Mansão da Esperança II - "Vinde a mim" III - "Homem, conhece-te a ti mesmo" IV - O "homem velho" V - A causa de minha cegueira no século XIX VI - O elemento feminino VII - Últimos traços INTRODUÇÃO Devo estas páginas à caridade de eminente habitante do mundo espiritual, ao qual me sinto ligada por um sentimento de gratidão que pressinto se estenderá além da vida presente.Não fora a amorosa solicitude desse iluminado representante da Doutrina dos Espíritos – que prometeu, nas páginas fulgurantes dos volumes que deixou na Terra sobre filosofia espírita, acudir ao apelo de todo coração sincero que recorresse ao seu auxílio com o intuito de progredir, uma vez passado ele para o plano invisível e caso a condescendência dos Céus tanto lho permitisse - e se perderiamapontamentos que, desde o ano de 1926, isto é, desde os dias da minha juventude e os albores da mediunidade, que juntos floresceram em minha vida, penosamente eu vinha obtendo de Espíritos de suicidas que voluntariamente acorriam às reuniões do antigo "Centro Espírita de Lavras", na cidade do mesmo nome, no extremo sul do Estado de Minas Gerais, e de cuja diretoria fiz parte durante algum tempo.Refiro-me a Léon Denis, o grande apóstolo

do Espiritismo, tão admirado pelos adeptos da magna filosofia, e a quem tenho os melhores motivos para atribuir as intuições advindas para a compilação e redação da presente obra. Durante cerca de vinte anos tive a felicidade de sentir a atenção de tão nobre entidade do mundo espiritual piedosamente voltada para mim, inspirando-me um dia, aconselhando-meem outro, enxugando-me as lágrimas nos momentos decisivos em que renúncias dolorosas se impuseram como resgates indispensáveis ao levantamento de minha consciência, engolfada ainda no opróbrio das conseqüências de um suicídio em existência pregressa. E durante vinte anos convivi, por assim dizer, com esse Irmão venerável cujas lições povoaram minha alma de consolações e esperanças, cujos conselhosprocurei sempre pôr em prática, e que hoje como nunca, quando a existência já declina para o seu ocaso, fala-me mais ternamente ainda, no segredo do recinto humílimo onde estas linhas são escritas! Dentre os numerosos Espíritos de suicidas com quem mantive intercâmbio através das faculdades mediúnicas de que disponho, um se destacou pela assiduidade e simpatia com que sempre me honrou, e,principalmente, pelo nome glorioso que deixou na literatura em língua portuguesa, pois tratava-se de romancista fecundo e talentoso, senhor de cultura tão vasta que até hoje de mim mesma indago a razão por que me distinguiria com tanta afeição se, obscura, trazendo bagagem intelectual reduzidíssima, somente possuía para oferecer ao seu peregrino saber, como instrumentação, o coração respeitoso e a...
tracking img