Livro

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 157 (39164 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 23 de março de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
1
FRANCISCO DE OLIVEIRA
A E C O N O M I A BRASILEIRA: CRITICA A R A Z Ã O DUALISTA
(*) Este ensaio foi escrito como uma tentativa de resposta às indagações de caráter interdisciplinar que se formulam ao CEBRAP, acerca do processo de expansão sócio-econômica do capitalismo no Brasil. Beneficia-se, dessa maneira, do peculiar clima de discussão i n t e l e c t u a l que é apanágio do CEBRAP, acujo corpo de pesquisadores pertence o autor. O autor agradece as críticas e sugestões dos seus colegas, p a r t i c u l a r m e n t e a José A r t h u r Gianotti, F e r n a n d o Henrique Cardoso, Octávio Ianni, Paul Singer, F r a n c i s c o Weffort, J u a r e z Brandão Lopes, Boris Fausto, Fábio Munhoz e Regis Andrade, assim como à Calo P r a d o J r . e Gabriel Bolaffi, que p a r t i c i p a r am de seminários sobre o texto. Evidentemente, a nenhum deles pode ser i m p u t a d a qualquer filha or erro deste documento.

1. UMA BREVE COLOCAÇÃO DO PROBLEMA

A perspectiva deste trabalho é a de contribuir para a revisão do modo de pensar a economia brasileira, na etapa em que a industrialização passa a ser o setor-chave para a dinâmica do sistema, isto é, para efeitos práticos, após aRevolução de 1930. O exame que se tentará vai centrar sua atenção nas transformações estruturais, entendidas estas no sentido rigoroso da reposição e recriação das condições de expansão do sistema enquanto modo capitalista de produção. Não se trata, portanto, nem de avaliar a "performance" do sistema numa perspectiva ético-finalista de satisfação das necessidades da população, nem de discutirmagnitudes de taxas de crescimento: a perspectiva ético-finalista muito associada ao dualismo cepalino parece desconhecer que a primeira finalidade do sistema é a própria produção, enquanto a segunda, muito do gosto dos economistas conservadores do Brasil, enreda-se numa dialética vulgar como se a sorte das "partes" pudesse ser reduzida ao comportamento do "todo", a versão comum da "teoria docrescimento do bolo". Deve ser acrescentado que a perspectiva deste trabalho incorpora, como variáveis endógenas, o nível político ou as condições políticas do sistema: conforme o andamento da análise tratará de demonstrar, as "passagens" de um modulo a outro, de um ciclo a outro ciclo, não são inteligíveis economicamente "em si", em qualquer sistema que revista características de dominação social. O"economicismo" das análises que isolam as condições econômicas das políticas é um vício metodológico que anda de par com a recusa em reconhecer-se como ideologia. Este trabalho se inscreve ao lado de outros (1) surgidos recentemente, que buscam renovar a discussão sobre a economia brasileira; neste sentido, o trabalho de Maria da Conceição Tavares e José Serra, Más allá del estancamiento: una discusiónsobre el estilo del desarrollo reciente de Brasil retoma um estilo e um método de interpretação que estiveram ausentes da literatura econômica latinoamericana
(1) Ver, por exemplo, o t r a b a l h o de R o l a n d o Cordera e Adolfo Orive s o b r e a I n d u s t r i a l i z a ç ã o M e x i c a n a , p u b l i c a d o pelo Tase-Boletin del Taller de A n a l i s i s S o c i o e c o n ó m i c o , vo l . 1 , n . º 4 , México. N ã o é m e r a m e n t o c a s u a l a coincidência de r e i n t e r p r e t a ç õ e s , na m e s m a linha teórica, de economias como a m e x i c a n a e a b r a s i l e i r a m a r c a d a s por configurações sócio-econômicas b a s t a n t e similares no que se refere a Indicadores de e s t r u t u r a , às q u a i s c h e g a r a m por processos políticos b a s t an t e d i s s e m e l h a n t e s . A coincidência não c a s u a l resida no f a t o de q u e a m b a s sociedades c h e g a r a m a situações e s t r u t u r a i s s e m e l h a n t e s " l a t u s e n s u " m e d i a n t e processos cujo d e n o m i n a d o r comum foi a a m p l a e x p l o r a ç ã o de s u a força de t r a b a l h o , fenômeno q u e e s t á na b a s e da c o n s t i t u i ç...
tracking img