Livro de bruxaria

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 213 (53020 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 3 de novembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Era

Rae Beth
A BRUXA SOLITÁRIA

http://groups.google.com.br/group/digitalsource

Rae Beth

A BRUXA SOLITÁRIA

2ª edição

Tradução Patrícia Bins

BERTRAND BRASIL

Copyright © 1990 by Rae Beth Título original: Hedge Witch — A Guide to Solitary Witchcraft Capa: projeto gráfico de Leonardo Carvalho Ilustrações: Bill Wright Editoração eletrônica: Imagem Virtual, Nova Friburgo, RJ2000 Impresso no Brasil Printed in Brazil

CIP-Brasil. Catalogação-na-fonte Sindicato Nacional dos Editores de Livros, RJ __________________________________________________________________________________ Beth, Rae A bruxa solitária / Rae Beth; tradução Patrícia Bins. - 2ª ed. - Rio de Janeiro; Bertrand Brasil, 2000. 208p. Tradução de: Hedge witch - a guide to solitary witchcraft ISBN85-286-0596-5 1. Magia. 2. Beth, Rae - Correspondência. I. Título. CDD - 133.43 97-0638 CDU - 133 __________________________________________________________________________________

B466b 2ª ed.

Todos os direitos reservados pela: BCD UNIÃO DE EDITORAS S.A. Av. Rio Branco, 99 - 20º andar - Centro 20040-004 - Rio de Janeiro - RJ Tel.: (0XX21) 263-2082 Fax: (0XX21) 263-6112

Atendemos pelo ReembolsoPostal.

Introdução
As cartas que se seguem não foram escritas para se tornar um livro. Foram escritas, sim, como lições a aprendizes de feiticeiros —Tessa e Glyn. Depois, me dei conta de que este poderia ser um trabalho de interesse para muitas pessoas que buscam um caminho de natureza mágica, mas que não se sentem preparadas, por um motivo ou outro, para se envolverem com grupos. Tessa e Glynseguem a velha tradição das bruxas e bruxos solitários. São como as antigas mulheres sábias (ou homens sábios) dos vilarejos: alguém que conhece e venera a Deusa e seu consorte, o Deus Cornífero; alguém que pratica feitiço com o propósito de cura, e ensina os mistérios. Apesar de às vezes ser um terreno solitário, conduz a caminhos de grande beleza. Trechos destes caminhos podem ser percorridos emcompanhia de outras pessoas, mas os trabalhos de magia devem ser solitários ou praticados ao lado de um companheiro mágico. Isto agrada a alguns, mas há bruxas e bruxos que só se sentem à vontade sozinhos. Ele ou ela não precisa necessariamente evitar amigos. Mas, por temperamento, prefere desempenhar um arquétipo diferente daquele de membro de grupos. A essas pessoas, e ao meu esposo ecompanheiro mágico Cole Campion, dedico este livro.

Rae Beth Yule (Natal), 1988 Oeste da Inglaterra

A BRUXA SOLITÁRIA

Primeira Parte

New Green Avonford

8 de janeiro de 1987

Queridos Tessa e Glyn, Respondo à sua pergunta sobre "o que é bruxaria" em forma de carta. E começarei com as coisas mais surpreendentes que eu possa imaginar. A maior surpresa sobre bruxaria, para a maioria daspessoas, uma vez entendido que não somos "adoradores do diabo" nem "instrumentos do poder do mal" (no verdadeiro estilo dos filmes de horror), é que veneramos uma entidade feminina, uma Deusa. Também veneramos um Deus. Isto não surpreende ninguém. Mas reverenciar a Mãe de Toda a Vida, nesta cultura, é inesperado. Tem implicações espirituais, emocionais e sociais. Historicamente, as bruxas foramperseguidas por sua crença em uma Deusa. Isso era politicamente inaceitável num regime patriarcal. A veneração à Deusa teria que significar, por exemplo, que a terra, a Mãe Terra, seria de novo sagrada. Ela não deveria mais ser poluída ou explorada por qualquer razão, e se perderia uma enorme quantidade de poder ou lucro obtido por homens inescrupulosos. Melhor, do ponto de vista deles, venerar um Deusque é todo mente e espírito e vive lá no alto, longe da horrível e "pecaminosa" Terra. Na visão espiritual de nosso mundo moderno, a feminilidade há muito tempo não é considerada tão sacra quanto a masculinidade. A mulher, em todas as religiões patriarcais — o cristianismo e o islamismo em particular — é vista como aquela que traz o pecado, a traição, a armadilha ao sexo "santo". Mais próxima da...
tracking img