Livro da Pedagogia da Autonomia de Paulo Freire

Páginas: 14 (3438 palavras) Publicado: 6 de maio de 2015
 Livro da Pedagogia da Autonomia de Paulo Freire
As reformas educacionais atualmente colocam os educadores em um embate com dois desafios: transformar a escola como local de trabalho e reinventar a si mesmo como pessoas e profissionais da educação. Isto é um indicativo de que os educadores precisam não apenas colocar em questão, o reinventar suas práticas educativas, no sentido de repensar suasatitudes, concepções, métodos e conhecimentos sobre o processo de aprendizagem do discente, como também transformar suas relações profissionais que começa com a observação de sua postura em relação ao outro.
Ensinar faz parte da educação, mas educar é mais abrangente e complexo. Os professores tem uma séria responsabilidade social e democrática. Escutar seus alunos, sem tolí-los além dedesarticular qualquer forma de discriminação e injustiça, pois a educação é uma especificidade humana que intervém no mundo. Paulo Freire criticava o sistema de ensino tradicional onde o professor é o guia do processo educativo e exerce uma espécie de “poder”. Tem como função transmitir conhecimento e informações, mantendo certa distância dos alunos. As avaliações são periódicas, por meio de provas, e medema quantidade de informação que o aluno conseguiu absorver. As aulas no método tradicional são estruturadas de acordo com as disciplinas e conhecimentos exigidos em cursos posteriores, como o caso do vestibular, processo com avaliações que possibilita o estudante entrar no ensino superior.
O ideal seria que as escolas criassem em seu currículo atividades e avaliações que incentivem e estimulem aformação do aluno. A decoreba das disciplinas poderá levá-los a ter bons resultados, mas isso não garante a formação do sujeito para o mundo, com qualidade. Um sistema diferenciado promove a formação integral do aluno. E é isso que Paulo Freire promove, uma educação fundamentada na ética, respeito e na dignidade. Um ensino mais democrático entre professores e alunos, tendo em mente que somos seresincompletos, inacabados, em constante aprendizado. O aprender se torna mais interessante quando o aluno se sente competente pelas atitudes e métodos de motivação em sala de aula. O prazer pelo aprender não é uma atividade que surge espontaneamente nos alunos, pois, não é uma tarefa que cumprem com satisfação, sendo em alguns casos encarada como obrigação. Para que isto possa ser melhor cultivado,o professor deve despertar a curiosidade dos alunos, acompanhando suas ações no desenvolver das atividades.
O papel do professor consiste em agir com intermediário entre os conteúdos da aprendizagem e a atividade construtiva para assimilação. O aluno é como uma plantinha, onde o professor rega todo dia com a agua da sabedoria e informação para que cresçam e produzam belos frutos. A relaçãoprofessor/aluno deve ser cultivada a cada dia, pois um depende do outro e assim os dois crescem e caminham juntos. E é nessa relação madura que o professor deve ensinar que a aprendizagem não ocorre somente em sala de aula. Se estivermos atentos aprendemos a todo o momento e não só na escola com o professor. Assim, o aluno irá desenvolver um espírito pesquisador e interessado pelas coisas que existem;ele desenvolverá uma necessidade por aprender, tornando-se um ser questionador e crítico da realidade que o rodeia.
A Pedagogia freiriana requer um educador (a) “percebedor” e “problematizador” da realidade. Para Paulo Freire, “é preciso saber que ensinar não é transferir conhecimentos, mas criar as possibilidades para a sua própria produção ou a sua construção” (FREIRE, 1998, p.52).
Ensinar émostrar os caminhos pelos quais o aluno pode andar, de modo a incentivar a construção de seu conhecimento. É auxiliar os alunos em suas descobertas, ser um mediador entre os alunos e as informações. É desafiá-los a ir em busca do saber.
A educação não se restringe às paredes de uma escola, o saber ler e escrever, educação é algo muito maior. Tudo o que vivemos é educação, a cada passo que damos e...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • paulo freire livro pedagogia da autonomia
  • RESENHA CRÍTICA DO LIVRO PEDAGOGIA DA AUTONOMIA DE PAULO FREIRE
  • Resenha do livro pedagogia da autonomia
  • Resenha do livro de paulo freire-a pedagogia da autonomia
  • Resenha do livro "pedagogia da autonomia", do prof. paulo freire
  • Resenha do livro: Pedagogia da Autonomia de Paulo Freire;
  • Resenha do livro Pedagogia da Autonomia
  • Resumo Crítico do Livro Pedagogia da Autonomia Paulo Freire

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!