Literatura

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 47 (11591 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 3 de dezembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Neoclassicismo e romantismo. As artes decorativas (Regina Anacleto), in História da Arte em Portugal: Neoclassicismo e Romantismo, Lisboa, Publicações Alfa, 1986, vol. 10, pp. 169-177.
Artes decorativas mais relevantes: gravura, talha, mobiliário, estuques, ferro forjado, ourivesaria, azulejaria, faiança, miniatura, etc.A talha, tão importante nos períodos precedentes, apresenta significativodesinteresse.Neoclassicismo – trata-se de uma escola que regressa ao classicismo da Renascença e da Antiguidade Clássica. Meados do século XVIII a primeiro quartel do século XIX – na Europa. Em Portugal necessita de um certo ajustamento. Romantismo – Em Portugal a emergência do romantismo, nos seus diversos aspectos, literário, mental e artístico, não é simultânea.O Romantismo repudia as tradiçõese vai contra o classicismo. Não aceita o racionalismo do século XVIII. Atribui ao indivíduo o direito total à liberdade de pensamento.Relação com o sentimento da natureza; contemplação do universo, da paisagem, o “ser” e o “sentir” são preocupação dos românticos.Busca do pitoresco e do exótico. Nacionalismo. Liberalismo. Republicanismo.Contraste entre a realidade quotidiana, que passa a seridealizada, e a história, a par com uma série de “cultos” (fantástico, lendário, macabro, misterioso, melodramático, etc.), que de situam num contexto “realista” ou “historicista”.Necessidade de sonhar; aceita-se um sentimento de religiosidade. A mentalidade romântica surge repleta de contrastes, o prazer e a dor encontram-se, o amor infeliz ou não correspondido é tema querido, o génio não écompreendido, a ironia e o sarcasmo aparecem de mãos dadas.Gravura Só no início do século XIX acontece uma certa revivescência da gravura em metal, com a Oficina Calcográfica do Arco do Cego, de vida efémera, e depois com a chegada de Bartolozzi (gravador italiano). Com a morte deste em 1815 desapareceu a sua oficina.Em 1836 abre a Academia de Belas-Artes com uma cadeira de Gravura ministrada pelo suíçoBenjamim Comte, colaborador de Bartolozzi, e pelo seu discípulo Domingos José da Silva. No Porto tomava conta de idêntico lugar Raimundo José da Costa.Com o surgimento da geração de pintores românticos a gravura em metal desenvolveu-se bastante.Também foram utilizadas duas outras espécies de gravura:A litografia. A impropriamente chamada xilogravura (gravura de madeira a topo)A litografia permitia umareprodução numerosa e rápida, que envolvia baixos custos. Iniciada em Portugal por Domingos António de Sequeira em 1821, levou à criação da Oficina Régia Litográfica (1824), dirigida primeiramente por João José Lecocq e depois por Francisco da Silva Oeirense.A utilização da gravura de madeira a topo possibilitava a impressão simultânea com o texto, numa altura em que se começaram a difundir nonosso país as revistas e livros ilustrados.“Panorama”, 1837 – gravadores: Manuel Maria Bordalo Pinheiro e José Maria Baptista Coelho (pioneiros)“Archivo Pittoresco”, 1858.“O Ocidente”, 1878 – formou-se uma escola de gravadores de alto gabarito: Caetano Alberto, João Pedroso, Lucien Lalemant, Diogo Neto, Nogueira da Silva, Francisco Pastor, Penoso e o espanhol José Severini.“Jornal para Todos”, 1889,Coimbra – propriedade de Manuel Caetano da Silva.“Arte Portuguesa, 1895, Lisboa – sob a direcção artística de Enrique Casanova.TalhaNo neoclassicismo apenas surgem edifícios religiosos no Norte, e só aí encontramos alguma talha.Em 1798 iniciou-se no Porto a construção da nova igreja da Ordem Terceira de São Francisco, onde surge um retábulo com talha de Manuel Moreira da Silva e estátuas demadeira do escultor Manuel de Sousa Alão.Entretanto, chegou ao Porto o italiano Luigi Chiari, que se encarregou dos retábulos da nave, da talha dos púlpitos, das paredes e das portas, “tudo ao gosto romano”.Moreira da Silva foi um dos mais operosos entalhadores deste período:Retábulo da capela-mor de Nossa Senhora da Lapa;Altar na igreja dos Grilos;Dois altares do Convento de Santa Clara de Vila do...
tracking img