Literatura

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 7 (1538 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 18 de julho de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
PRIMEIRA GERAÇÃO - 1922 – HERÓICA
Tem como princípios:

• negação do passado, caráter destrutivo;

• eleição do moderno como um valor em si mesmo;

• valorização do cotidiano;

• nacionalismo;

• redescoberta da realidade brasileira;

• desejo de liberdade no uso das estruturas da língua;

• predominância da poesia sobre a prosa.

SEGUNDA FASE - 1930– CONSOLIDAÇÃO
Tem como princípios:

• estabilização das conquistas;

• diminuição dos exageros e radicalismos;

• ampliação da temática, deixando de usar apenas o particular e tendendo para o universal;

• regionalismo (preferência pelo romance);

• equilíbrio quanto ao uso do material linguístico.

Em linhas gerais:

• a poesia, a partir de 1930, apresentacrescente amadurecimento; abandona o espírito combativo e irreverente da década anterior e passa a caracterizar-se pelo espírito construtivo;

• a linguagem é mais comunicativa e pessoal, sem desprezo da liberdade formal dos primeiros tempos do modernismo;

• a temática é variada: temas sociais, religiosos, amorosos, espiritualistas caracterizam a poesia moderna da segunda fase.Os poetas de 30

Carlos Drummond
1ª fase: Eu maior que o mundo — marcada pela poesia irônica. Esta fase (a fase gauche) tem como características o pessimismo, o isolamento, o individualismo e a reflexão existencial. Nota-se nesta fase um desencanto em relação ao mundo.
2ª fase: Eu menor que o mundo — marcada pela poesia social. Esta fase, chamada fase social, é marcada pelavontade do poeta de participar e tentar transformar o mundo, o pessimismo e o isolamento da 1ª fase é posto de lado.
3ª fase: Eu igual ao mundo — abrange a poesia metafísica e a objectual .
Poesia metafísica. Afastando-se da ótica sociológico-realista e da representação social-concreta

• O poeta volta-se para um simbolismo abstrato. Seu lirismo filosófico reveste-se de um“classicismo moderno”, em que o poeta concentra-se na escavação do real, mediante um processo de interrogações e negações que acabam revelando o vazio existencial. O mundo apresenta-se como “um vácuo atormentado”, abolindo toda a crença e negando toda a esperança possível.
Poesia objetual. Representando uma ruptura em relação à fase anterior, o poeta abandona a forma fixa, utilizando o verso quetem apenas a medida e o impulso determinados pela coisa poética a exprimir. Essa atitude lúdica, a opção concreto-formalista que o poeta agora realiza é uma radicalização de processos estruturais que sempre marcaram seu modo de escrever: a preferência pelo prosaico, pelo irônico, pelo anti-retórico, pelo antilirismo intencional, acrescido agora de uma exploração dos elementos materiais da palavra(a letra impressa, o som, a disposição espacial).
A fase final. Em suas últimas produções, o lirismo de Drummond não assume uma tendência definida ou unidirecional. O poeta reelabora alguns temas e formas dos primeiros livros, mas também acrescenta algumas vertentes novas: a poesia de circunstância e o erotismo. Como o próprio nome já diz, as obras desta fase (década de 70 e 80), sãocheias de recordações do poeta. Os temas infância e família são retomados e aprofundados além dos temas universais já discutidos anteriormente.

Vinicius de Moraes
A obra de Vinícius de Moraes divide-se em duas fases:

• I - A primeira fase insere-se na linha de um neo-simbolismo, de conotações místicas, em que há um debate entre as solicitações da alma e as do corpo.

• II -A segunda fase, iniciada com Cinco elegias, assinala a explosão de uma poesia mais viril. "Nela - segundo o próprio Vinícius - estão nitidamente marcados os movimentos de aproximação do mundo material, com a difícil mas consciente repulsa ao idealismo dos primeiros anos."
Características principais:
· Sua tendência ao verbalismo é contida pelo uso frequente do soneto....
tracking img